Pílula quatro em um facilita tratamento da AIDS

Comprimido único

Um novo comprimido que combina quatro drogas anti-HIV em um único tratamento diário é seguro e eficaz, de acordo com um estudo publicado pela revista científica Lancet.

Espera-se que a "pílula quatro em um" torne mais fácil para os pacientes manter a medicação e melhorar os efeitos de seu tratamento.

O tratamento da AIDS exige uma terapia que combina múltiplos medicamentos, usados para controlar o nível de vírus presente no corpo.

Isso pode significar tomar vários comprimidos em diferentes horários do dia. E esquecer de um significa que o corpo pode perder a luta contra o HIV.

Inibidor da integrase

A "pílula quatro em um" testada é a primeira a incluir um tipo de droga anti-HIV conhecida como um inibidor da integrase, que interrompe a replicação do vírus.

A integrase é uma proteína produzida por retrovírus, como o HIV, que permite que seu material genético seja integrado ao DNA da célula infectada.

Paul Sax e seus colegas da Escola de Medicina de Harvard compararam o efeito da pílula quatro em um com o efeito do melhor tratamento disponível até então, em 700 pacientes.

Segundo o pesquisador a pílula quatro em um mostrou-se tão segura e eficaz quanto as opções anteriores, embora houvesse um nível maior de problemas renais, entre aqueles que a tomam.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Vírus

Tratamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.