Sorria apenas quando tiver vontade, sobretudo no trabalho

Sorria apenas quando tiver vontade, sobretudo no trabalho
Os cientistas alertam que o cultivo das emoções positivas não pode se fundamentar em outras falsidades - como férias que você nunca tira ou amores que você nunca viveu.
[Imagem: Bikkebakke/Wikimedia]

Sorrisos falsos

Você costuma sorrir para os clientes para manter o seu chefe feliz?

E para manter você mesmo feliz, o que você deve fazer?

É melhor evitar as falsidades e sorrir apenas quando tiver razões para isso.

As pessoas que trabalham atendendo clientes e que dão sorrisos falsos ao longo do dia pioram seu humor e seu estado de espírito e faltam mais ao trabalho, afetando a produtividade.

Já os trabalhadores que sorriem por cultivar pensamentos positivos - como pensar em férias na praia ou lembrar de momentos bons com os filhos - melhoram seu humor e faltam menos ao trabalho.

"Os empregadores podem pensar que simplesmente pedir seus empregados para sorrir é algo bom para a organização, mas não é necessariamente assim," explicou Brent Scott, da Universidade de Michigan (EUA). "Sorrir por sorrir pode levar à exaustão emocional e às faltas, e isso é ruim para a organização."

Efeitos da falsidade

Scott e seu colega Christopher Barnes compararam o "comportamento superficial" - dar sorrisos falsos - com a ação sincera, cultivando emoções positivas através da lembrança de situações agradáveis ou de pensar sobre a situação atual de uma forma mais favorável.

O estudo também comparou os efeitos dos sorrisos falsos entre os gêneros, e descobriu que o efeito da falsidade é mais devastador sobre as mulheres.

"As mulheres foram mais prejudicadas pela atuação superficial, ou seja, seu humor piorou ainda mais do que o humor dos homens e elas faltaram mais ao trabalho," contou Scott.

E o contrário também foi verdadeiro - as mulheres se beneficiaram mais do que os homens do cultivo das emoções positivas, que tiveram um impacto positivo mais forte sobre o seu humor.

Cultivar emoções positivas

Embora o estudo não tenha investigado as razões dessas diferenças entre homens e mulheres, os pesquisadores afirmam que estudos anteriores sugerem que pesa sobre as mulheres uma expectativa de maior intensidade emocional - e que essa intensidade se faça de emoções positivas.

Assim, forçar um sorriso enquanto sente uma emoção negativa cria um conflito com esta norma cultural, o que pode levar as mulheres a intensificarem as emoções negativas que já estavam presentes.

Ao cultivar emoções positivas, as mulheres atenderiam a essa norma social, com um efeito duplamente benéfico sobre o seu bem-estar.

Mas os cientistas alertam que o cultivo das emoções positivas não pode se fundamentar em outras falsidades - como férias que você nunca tira ou amores que você nunca viveu.

Isso fará com que você perca a autenticidade, com um efeito negativo amplificado a longo prazo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Trabalho e Emprego

Sentimentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.