Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

09/12/2008

Vírus do herpes labial é ligado ao Mal de Alzheimer

Redação do Diário da Saúde
Vírus do herpes labial é ligado ao Mal de Alzheimer
[Imagem: WebMD Corp.]

Vírus causador do herpes labial

O vírus causador do herpes labial é um dos principais causadores das placas de proteínas insolúveis encontradas no cérebro das pessoas com Mal de Alzheimer. A descoberta foi feita por cientistas da Universidade de Manchester, na Inglaterra.

Eles acreditam que o vírus herpes simplex seja um fator significativo no desenvolvimento da doença debilitante. Esse vírus pode ser tratado por agentes antivirais comuns, como o aciclovir, que já é usado para tratar o herpes labial e outras doenças causadas por ele.

Outra futura possibilidade será a vacinação contra o vírus para prevenir o início do desenvolvimento da doença.

Mal de Alzheimer

O Mal de Alzheimer é caracterizado por uma perda progressiva da memória e graves deficiências cognitivas. A doença afeta mais de 20 milhões de pessoas ao redor do mundo e esses números tendem a crescer com o aumento da longevidade.

Entretanto, apesar dos enormes investimentos em pesquisas sobre os efeitos do Mal de Alzheimer sobre o cérebro - a criação das placas amilóides e dos emaranhados neurofibrilares - as causas diretas da doença são desconhecidas e os tratamentos atuais são ineficazes.

Ligação entre vírus do herpes e Alzheimer

A maioria das pessoas está infectada com o vírus causador do herpes labial, que permanece por toda a vida no sistema nervoso periférico. De 20 a 40% das pessoas que possuem o vírus desenvolvem o herpes labial.

Os pesquisadores descobriram o DNA do herpes simplex (HSV1) nas placas amilóides. Cerca de 90% das placas amilóides dos doentes com Mal de Alzheimer contém o DNA do HSV1 e a maioria do DNA viral está localizado no interior das placas amilóides.

A equipe já havia demonstrado previamente que a infecção das células nervosas pelo HSV1 induz à deposição do principal componente das placas amilóides, o beta amilóide. Juntas, as duas descobertas dão fortes evidências de que o HSV1 seja um fator essencial na formação dos depósitos amilóides e das placas, anormalidades consideradas pela maioria dos especialistas na área como sendo importantes elementos causadores do Alzheimer.

Possível tratamento para Alzheimer

As evidências de um elemento viral entre as causas do Mal de Alzheimer poderão apontar para o uso de agentes virais para parar a progressão da doença.

De fato, os pesquisadores sugerem o uso de agentes antivirais, como o aciclovir, para o tratamento do Alzheimer. Em experimentos preliminares, eles demonstraram que o aciclovir reduz a deposição amilóide.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vírus

Cérebro

Memória

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nova substância reduz em até 80% a dor inflamatória

Mídias sociais podem induzir preconceitos e distorções nas pesquisas científicas

Amigo virtual vai ajudar a identificar e combater o estresse

"Gene da homossexualidade" - Os prós, os contras e o não-importa

Sistema imunológico do intestino controla peso corporal