24/05/2022

Anti-inflamatórios para dor lombar podem prolongar o problema

Com informações da New Scientist
Anti-inflamatórios para dor lombar podem prolongar o problema
Dor nas costas? Escolha entre Ioga, Tai Chi ou Qigong.[Imagem: Annegret-Arlene/Pixabay]

Remédio que piora a doença

Dois medicamentos anti-inflamatórios comumente usados para dor nas costas podem na verdade piorar a condição a longo prazo.

Os medicamentos, chamados dexametasona e diclofenaco, podem interferir nos processos normais do corpo para curar o tecido lesionado, gerando uma piora na dor a longo prazo.

A dor lombar é uma das condições mais comuns em todo o mundo, com cerca de quatro em cada cinco pessoas experimentando a condição em algum momento de sua vida.

A grande dificuldade é que as causas da dor lombar geralmente não são claras. Alguns dos afetados apresentam uma protuberância externa em um dos discos da coluna que amortecem as vértebras - conhecido como disco escorregadio - mas muitas pessoas sem dor nas costas também têm essa protuberância.

Como os analgésicos opioides podem ser viciantes, os médicos podem prescrever medicamentos anti-inflamatórios. Isso porque a dor pode ser agravada pela inflamação, que é uma ativação de baixo grau das células imunes.

Inflamação para o bem

Luda Diatchenko e seus colegas da Universidade McGill (Canadá) investigaram 98 pacientes que desenvolveram dor lombar há pouco tempo. Os pesquisadores coletaram amostras de sangue e as analisaram para ver quais genes estavam ativos nas células imunes que circulavam no sangue.

Naqueles pacientes cuja dor diminuiu nos três meses posteriores, um tipo de célula imune inflamatória - os neutrófilos - apresentou níveis mais altos de atividade do que nas pessoas cuja dor persistiu. Isso sugere que algumas células inflamatórias podem ajudar as pessoas a superar a dor - um processo que pode ser interrompido se a pessoa tomar medicamentos anti-inflamatórios.

A equipe também descobriu que, em camundongos que sofreram uma lesão nas costas, o tratamento com anti-inflamatórios como dexametasona e diclofenaco aliviou a dor a curto prazo, mas levou a mais dor a longo prazo. Sem qualquer tratamento com drogas anti-inflamatórias, os animais também experimentaram dor a longo prazo se seus neutrófilos fossem mortos por injeções de um anticorpo.

"A inflamação é dolorosa, mas essa inflamação é necessária para que nosso corpo resolva a dor," disse Diatchenko.

Mas, para realmente ver se os medicamentos anti-inflamatórios fazem a dor nas costas persistir, será necessário realizar um estudo randomizado comparando diferentes tipos de analgésicos.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.