06/04/2020

Felicidade e bem-estar: Não precisa parar de usar o Facebook, basta moderar

Redação do Diário da Saúde
Reduzir uso do Facebook melhora saúde e bem-estar
O uso do Facebook leva as pessoas a se comparar com as outras, o que gera muitos sentimentos negativos,, alerta a professora Julia Brailovskaia.[Imagem: Ruhr-University Bochum]

Dose certa de Facebook

Uma equipe de psicólogos da Universidade Ruhr Bochum (Alemanha) convidou 140 pessoas para participar do seguinte experimento: Durante duas semanas, elas deveriam passar 20 minutos a menos no Facebook, o que representaria cerca de um terço do tempo médio de uso que esses voluntários faziam da plataforma.

O grupo de controle, composto por 146 pessoas, continuou a usar o Facebook como de costume.

Todos os participantes foram testados antes do estudo, uma semana depois, no final do experimento de duas semanas e, finalmente, um mês e três meses depois. Os questionários mediram a maneira como cada um usava o Facebook, seu bem-estar e seu estilo de vida.

Sorte de quem ficou no grupo de diminuição do uso da plataforma: Todos ficaram mais ativos fisicamente, fumaram menos e demonstraram melhor bem-estar. Os sintomas de dependência em relação ao uso do Facebook também diminuíram.

Esses efeitos continuaram mesmo três meses após o final do experimento.

Uso ativo e passivo do Facebook

Os participantes do grupo que reduziram o tempo de uso do Facebook usaram menos a plataforma, tanto ativa quanto passivamente.

"Isso é significativo, porque o uso passivo, em particular, leva as pessoas a se comparar com as outras e, assim, experimentando inveja e uma redução no bem-estar psicológico," disse a professora Julia Brailovskaia.

Segundo os pesquisadores, isso é uma indicação de que simplesmente reduzir a quantidade de tempo gasto no Facebook todos os dias pode ser suficiente para evitar comportamentos viciantes, aumentar o bem-estar e desenvolver um estilo de vida mais saudável.

"Não é necessário desistir completamente da plataforma," concluiu Brailovskaia.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.