17/11/2020

Temperatura corporal humana está caindo rapidamente

Redação do Diário da Saúde
Temperatura corporal humana está caindo rapidamente
Vários estudos têm mostrado que a temperatura média do corpo humano está caindo ao longo do tempo.[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Queda na temperatura corporal média

Nos quase dois séculos desde que o médico alemão Carl Wunderlich estabeleceu 37,0°C como a temperatura corporal "normal" padrão, ela tem sido usada por pais e médicos como referência pela qual as febres - e frequentemente a gravidade das doenças - são avaliadas.

Com o tempo, entretanto, e sobretudo nos anos mais recentes, temperaturas corporais mais baixas foram amplamente relatadas em adultos saudáveis. Um estudo de 2017 entre 35.000 adultos no Reino Unido descobriu que a temperatura corporal média era mais baixa (36,6 ºC), e um estudo de 2019 mostrou que a temperatura corporal normal nos norte-americanos da Califórnia é de cerca de 36,4 ºC.

Uma equipe multinacional de médicos, antropólogos e cientistas, liderados por Michael Gurven e Thomas Kraft (Universidade da Califórnia de Santa Bárbara) identificou agora uma diminuição semelhante na temperatura corporal média em uma população totalmente diferente: Entre os Tsimane, uma população indígena de horticultores-coletores na Amazônia boliviana.

Nos 16 anos desde que Gurven e seus colegas estudam essa população, eles observaram um rápido declínio na temperatura corporal média, que vem caindo 0,05 °C por ano, de forma que hoje a temperatura corporal dos Tsimanes é de aproximadamente 36,5 °C.

"Em menos de duas décadas, estamos presenciando o mesmo nível de declínio observado nos EUA em aproximadamente dois séculos," disse Gurven.

A análise é baseada em uma amostra de 18.000 observações de quase 5.500 adultos e ajustada para vários outros fatores que podem afetar a temperatura corporal, como temperatura ambiente e massa corporal.

Alteração na fisiologia humana

Os resultados questionam a hipótese mais levantada para tentar explicar essa queda na temperatura corporal média, incluindo a diminuição das infecções devido à melhoria da higiene, água potável, vacinas e tratamentos médicos.

"Em nosso estudo, pudemos testar essa ideia diretamente. Temos informações sobre diagnósticos clínicos e biomarcadores de infecção e inflamação no momento em que cada paciente foi atendido. Está claro que algo envolvendo a fisiologia humana pode ter mudado," disse Gurven.

Embora algumas infecções sejam associadas a uma temperatura corporal mais alta, o ajuste para elas não foi responsável pelo declínio acentuado da temperatura corporal ao longo do tempo, observou Gurven. "E usamos o mesmo tipo de termômetro na maior parte do estudo, então não é devido a mudanças na instrumentação," acrescentou ele.

Temperatura corporal humana está caindo rapidamente
Na população indígena, a queda na temperatura corporal média está sendo muito mais acentuada.
[Imagem: Michael Gurven et al. - 10.1126/sciadv.abc6599]

Temperatura corporal normal

Como um sinal vital, a temperatura corporal é um indicador do que está ocorrendo fisiologicamente no corpo, como um termostato metabólico.

"Uma coisa que sabemos há algum tempo é que não existe uma temperatura corporal 'normal' universal para todos o tempo todo, então eu duvido que nossas descobertas afetem como os médicos usam as leituras de temperatura corporal na prática," disse Gurven.

Apesar de a referência "normal" ser 37 ºC, a maioria dos médicos reconhece que as temperaturas "normais" têm uma faixa. Ao longo do dia, a temperatura corporal pode variar mais de 0,5 ºC, desde a mais baixa no início da manhã até a mais alta no final da tarde.

A temperatura corporal também varia ao longo do ciclo menstrual e após a atividade física e tende a diminuir à medida que envelhecemos.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.