Acupuntura alivia dor remapeamento circuitos do cérebro

Acupuntura melhora dor remapeando circuitos no cérebro
A melhora dos sintomas provocada pela acupuntura real ocorre por mecanismos diferentes da melhora produzida pelo efeito placebo.
[Imagem: Kyle Hunter/Wikimedia]

Como a acupuntura funciona?

Mesmo depois de anos de pesquisa clínica e resultados positivos, a controvérsia continua se a acupuntura funciona principalmente pelo efeito placebo, especialmente tendo em conta as ligeiras diferenças entre a eficácia da acupuntura real e a simulada em vários comparativos.

Para esclarecer a questão, uma equipe de médicos do Hospital Geral de Massachusetts (EUA) idealizou um estudo no qual eles poderiam individualizar os efeitos placebo tradicional, induzido por remédios, o efeito placebo induzido por uma acupuntura simulada e os eventuais efeitos reais de um tratamento de acupuntura real.

"A acupuntura é uma terapia médica que se originou na China há milhares de anos. Mas, apesar de sua longa história, a intervenção em si - especialmente quando combinada com estimulação elétrica - tem semelhanças significativas com muitas terapias convencionais, como a estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS).

"Um grande número de pesquisas clínicas que exploram o uso da acupuntura para os distúrbios da dor crônica tem demonstrado que ela pode ser marginalmente melhor do que um procedimento placebo na redução nas classificações da dor. Mas as perguntas ainda permanecem: Como exatamente a acupuntura funciona? Ela é melhor para melhorar os resultados objetivos para a dor crônica?" ponderou o professor Vitaly Napadow.

Síndrome do túnel do carpo

Para chegar à raiz dessas perguntas, Napadow e seus colegas realizaram um estudo de neuroimagem da acupuntura controlada por simulação, envolvendo pacientes com síndrome do túnel do carpo, um transtorno neuropático envolvendo dores fortes e persistentes.

Essa condição específica foi escolhida porque é uma das poucas situações onde existe um biomarcador objetivo da dor largamente aceito pela comunidade médica. Em vez de depender da avaliação dos pacientes, nesses casos a dor pode ser medida pela velocidade com que os sinais elétricos são transmitidos ao longo do nervo mediano, o nervo afetado pela síndrome do túnel do carpo.

Além disso, a própria equipe e outros grupos já comprovaram que o cérebro - particularmente o córtex somatossensorial primário, que recebe sinais relacionados à sensação de toque - é remapeado nos pacientes com problemas no túnel carpal. Especificamente, células cerebrais que geralmente respondem aos sinais de toque de dedos específicos começam a responder a sinais de vários dedos, o que proporciona outro resultado mensurável.

Os pacientes foram divididos em três grupos: o primeiro recebeu eletroacupuntura na mão afetada, o segundo recebeu eletroacupuntura no tornozelo oposto à mão afetada e o terceiro recebeu eletroacupuntura simulada com agulhas-placebo perto da mão afetada.

Acupuntura melhora dor remapeando circuitos no cérebro
Na síndrome do túnel do carpo, o nervo mediano fica comprimido, gerando dor. A acupuntura é umas das terapias mais utilizadas para seu tratamento.
[Imagem: BruceBlaus/Wikimedia]

Mecanismos diferentes entre acupuntura e placebo

Tanto o grupo da acupuntura real como da acupuntura simulada apresentaram melhoras segundo os relatos dos pacientes.

No entanto, houve diferenças notáveis nas medições fisiológicas. A acupuntura real na mão afetada levou a melhorias mensuráveis nos resultados tanto no biomarcador no pulso afetado quanto no cérebro, enquanto, curiosamente, a acupuntura no tornozelo oposto produziu melhora apenas nas medições tomadas no pulso. E o remapeamento no cérebro, imediatamente após acupuntura real, mostrou-se associado com melhoras dos sintomas a longo prazo.

Não houve melhorias fisiológicas resultantes da acupuntura simulada, mas os pesquisadores alegam que a simulação pode produzir um efeito placebo mais forte do que o produzido por comprimidos porque ela envia sinais para o cérebro via receptores da pele e é realizada com um ritual específico.

O diferencial do estudo é que, usando imagens de ressonância magnética funciona (fMRI), coletadas antes e depois de vários meses de terapias com os três grupos, foi possível demonstrar que a melhora dos sintomas produzida pelo tratamento simulado deriva de mecanismos completamente diferentes daqueles provocados pela acupuntura real.

Na acupuntura real, os mecanismos parecem estar mais especificamente ligados à fisiopatologia da síndrome do túnel carpal, diz a equipe.

"A acupuntura simulada pode 'funcionar' modulando os conhecidos circuitos placebo no cérebro," disse Napadow. "Em contraste, a acupuntura real pode melhorar os sintomas da síndrome do túnel do carpo remodelando o córtex somatossensorial primário, além de modular o fluxo sanguíneo local para o nervo periférico no pulso. Em outras palavras, ambas as alterações neurofisiológicas periféricas e centrais na síndrome do túnel do carpo podem ser interrompidas ou mesmo invertidas por meio de intervenções de eletroacupuntura que proporcionam uma entrada mais prolongada e mais regulada ao cérebro - algo que os futuros estudos de neuroimagem a longo prazo devem explorar."

Os resultados foram descritos na revista científica Brain.


Ver mais notícias sobre os temas:

Acupuntura

Terapias Alternativas

Neurociências

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.