Álcool é pior do que heroína e crack

Álcool é pior do que a heroína e crack
O que chama a atenção é que o primeiro posto é ocupado por uma droga lícita, aceita naturalmente pela sociedade como se fosse uma substância benigna.
[Imagem: Nutt et al./Lancet]

Droga mais prejudicial

O álcool é mais prejudicial à saúde das pessoas do que a heroína ou o crack, garante o professor David Nutt e seus colegas da Universidade de Bristol, no Reino Unido.

Em seu estudo, que acaba de ser publicado na revista científica Lancet, Nutt e seus colegas classificaram os danos que cada substância causa, em uma escala de 16 pontos.

Os danos são avaliados não apenas em relação ao próprio usuário, mas também em relação à sociedade como um todo.

Entre os critérios avaliados estão os efeitos sobre a saúde física e mental do usuário, danos sociais - incluindo crimes e problemas de relacionamento familiar -, danos ambientais, custos econômicos e até problemas de política internacional.

Droga lícita

A heroína e a metanfetamina foram consideradas as drogas mais prejudiciais ao usuário diretamente. Esta última, uma espécie de anfetamina, é várias vezes mais barata do que a cocaína, mas é capaz de produzir efeitos muito mais poderosos. É também conhecida como ice ou crystal meth.

Mas quando são considerados os danos globais, incluindo os sociais, o álcool, a heroína e o crack ocupam os primeiros lugares.

O que chama a atenção é que o primeiro posto é ocupado por uma droga lícita, aceita naturalmente pela sociedade como se fosse uma substância benigna. Na verdade, o álcool é classificado como sendo três vezes mais danoso do que a cocaína ou o cigarro.

"Nossas conclusões dão suporte a outros trabalhos, realizados no Reino Unido e na Holanda, que afirmam que o atual sistema de classificação das drogas tem pouca relação com as evidências de danos [que cada uma causa]", diz o estudo.

"Elas também concordam com as conclusões de relatórios anteriores de especialistas de que combater agressivamente os danos causados pelo álcool é uma estratégia de saúde pública válida e necessária," prosseguem os cientistas.

Outras

Segundo os cientistas, o cigarro - outra droga lícita - e a cocaína são igualmente nocivos quando é levado em conta o aspecto social imediato do usuário, ou seja, seu círculo mais próximo.

O LSD e o ecstasy foram consideradas as drogas menos danosas à sociedade como um todo.

Embora as drogas ilícitas normalmente causem dependência mais facilmente (veja Cientistas descobrem por que a cocaína vicia tanto) do que as drogas lícitas, como o cigarro e o álcool, como há muito mais pessoas usando estas últimas, o prejuízo global à sociedade é muito maior, consideram os pesquisadores.


Ver mais notícias sobre os temas:

Drogas Lícitas

Vícios

Saúde Pública

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.