Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

22/06/2015

Aumenta número de anos vividos com incapacidade por doença

Com informações da Agência Brasil

Anos vividos com incapacidade

O total de anos vividos com incapacidade (AVI) aumentou 42% no mundo, entre 1990 e 2013.

De acordo com pesquisadores do Global Burden of Disease, sob coordenação da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, o número de AVIs passou de 537,6 milhões, em 1990, para 764,8 milhões em 2013.

A pesquisa analisou 301 doenças agudas e crônicas no período, em 188 países. O estudo, publicado na revista The Lancet, é o primeiro a avaliar a extensão, o padrão e as tendências de perda de saúde não fatais em diversos países.

"O conceito de AVI é uma forma de medir e comparar, populacionalmente, quanto de incapacitação certa doença causa. Algumas vezes, a incapacidade é entendida apenas como invalidez, mas, na verdade, aproxima-se, principalmente, do conceito de sofrimento," disse o professor Itamar Santos, da Escola de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), que participou da pesquisa.

O conceito de AVI quantifica o impacto de problemas de saúde que impedem a mobilidade, audição ou visão, ou causam dor de alguma forma, mas não são fatais.

Segundo Santos, apesar de o aumento de AVI ser explicado pelo crescimento da expectativa de vida da população e do aumento de sobrevida após o diagnóstico de um considerável número de doenças, isso leva a uma importante reflexão de saúde pública.

"Por muito tempo, a medicina se ocupou, com méritos, em buscar formas de as pessoas viverem mais. Hoje, é importantíssimo perguntar como viver melhor. Outra evidência importante é que o número de pessoas que vivem com múltiplas doenças, pelos mesmos motivos, vem aumentando significativamente," explicou.

Razões da incapacitação

Santos disse que a lista de doenças que passaram a provocar incapacitação é, de certo modo, constante nos anos pesquisados. Ele destacou, entre as principais causas de sofrimento, as dores crônicas e sintomas de ansiedade e depressão.

Entre 1990 e 2013, o AVI devido ao diabetes subiu 201% e o causado pela osteoartrite, 124%. A asma aumentou 36% nos 23 anos em análise.

No caso do Brasil, a pesquisa mostrou que a anemia por deficiência de ferro não está mais entre as dez principais causas de AVI e que a asma aparece com mais destaque na lista, no sétimo lugar.

Entre as principais causas de AVI no Brasil estão dor lombar, transtorno depressivo, transtornos ansiosos, diabetes mellitus, perda auditiva relacionada à idade, transtornos musculoesqueléticos, asma, dor cervical, enxaqueca e doença pulmonar obstrutiva crônica.

Para Itamar Santos, a conclusão central do estudo é que é preciso ter "um olhar muito especial" para as causas do sofrimento, e não apenas as causas de morte.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Qualidade de Vida

Terceira Idade

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?