Anvisa apreende anabolizantes e empresa recolhe medicamentos com problemas

Anabolizantes falsificados

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou a apreensão e inutilização de três lotes de anabolizantes falsificados.

São eles: lote 12923 do produto Durateston, fabricado em 06/2011 e validade até 06/2015; lote 14642 do produto Decadurabolin, fabricado em 02/2009 e validade até 06/2014; e lote 14126 do produto Decadurabolin 250 mg, com validade até 06/2015.

De acordo com a empresa Schering-Plough Indústria Farmacêutica, detentora do registro do medicamento Decadurabolin, os lotes não foram fabricados por ela e não correspondem ao sistema de numeração de lotes da empresa.

A empresa relata que só comercializa os produtos nas concentrações de 25 mg e 50 mg, com o princípio ativo Decanoato de Nandrolona.

Os produtos recolhidos não podem ser comercializados e não devem ser consumidos por pessoas que os tenham adquirido anteriormente.

Desvio de qualidade

A agência também divulgou o recolhimento voluntário do lote 431622 do medicamento Ciclosporina 25 mg, fabricado em 02/2012 e com validade até 02/2014.

A empresa Germed Farmacêutica fará o recolhimento voluntário do medicamento, por apresentar desvio de qualidade.

Igualmente, o produto não deve ser consumido ou comercializado.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Medicamentos

Atividades Físicas

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.