Anvisa proíbe venda de suplemento proteico para atletas

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a distribuição e a comercialização, em todo o território nacional, do lote 156/12 do produto Suplemento Proteico para Atletas, fabricado pela empresa Vulgo Suplementos Indústria de Alimentos Ltda.

A medida vale para o produto da marca 100% Whey Protein, com data de fabricação de 02/12/2012 e data de validade de 02/12/2014.

De acordo com a decisão, a medida foi tomada levando em consideração laudo emitido pela Fundação Ezequiel Dias que apresentou resultado insatisfatório para ensaio de carboidratos.

Segundo a análise, o produto contém uma quantidade de carboidratos mais de 20% superior ao valor declarado em seu rótulo.

Em fevereiro, a Anvisa proibiu a venda de 20 lotes de suplemento de proteína, pois a composição real dos produtos era diferente da informada na rotulagem, o que caracterizou fraude contra o consumidor e prática desleal de comércio.

Alguns desses produtos também apresentaram alterações no ensaio de carboidratos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Alimentação e Nutrição

Atividades Físicas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.