Anvisa suspende medicamentos, meia anticelulite e cosméticos

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) suspendeu a distribuição, comércio e uso, em todo o país, de pelo menos três produtos.

O primeiro é do lote 46202 do medicamento Kollangel, fabricado pela empresa Natulab Laboratórios, devido a irregularidades na rotulagem do medicamento.

Já a Loratadina D, fabricada pela Pharlab Indústria Farmacêutica, foi suspensa devido a alteração na fórmula do medicamento sem a autorização prévia da Anvisa.

Todos os lotes fabricados a partir de 2010 do medicamento (forma de comprimidos revestidos) estão proibidos de serem comercializados

Outro produto da Pharlab Indústria Farmacêutica que foi suspenso é o lote 012509 do medicamento Cedrilax 30 (na forma de comprimidos), que apresentou desvio de qualidade em sua fabricação, segundo a Anvisa.

A empresa farmacêutica deverá recolher todos os lotes irregulares do mercado.

A Agência ainda interditou cautelarmente o lote CN121046C do medicamento Solução de Cloreto de Sódio 9ml/ml, marca Nasolive, fabricado em setembro de 2012 pela empresa Farmace Indústria Químico-Farmacêutica Cearence e com validade até setembro de 2014.

A interdição vale por 90 dias e se deve em virtude de resultados insatisfatórios nos ensaios de "Contagem de Bactérias Aeróbias Mesófilas" e "Contagem de Bolores e Leveduras".

A meia anticelulite fabricada pela empresa Sigvaris do Brasil Indústria e Comércio teve a comercialização proibida por o produto não possui registro na Anvisa


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Prevenção

Medicamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.