Pessoas parecem esperar o pior da moralidade alheia

Avaliação da moralidade alheia tem claro viés negativo
Há um claro viés negativo na percepção da honestidade e da desonestidade dos outros.
[Imagem: Pixabay]

Esperando o pior

Ser taxado de imoral não é algo de que a pessoa se livre facilmente.

Essa percepção de imoralidade por parte de terceiros dificilmente é modificada, o que pode resultar em dificuldades no local de trabalho e barreiras ao acesso a um tratamento justo e igual no sistema judiciário.

Por outro lado, ser considerado honesto não torna ninguém imune a críticas, mostrando que a avaliação das pessoas sobre os outros tem um claro viés negativo.

Esta é a conclusão de pesquisadores das universidades de Surrey (Reino Unido) e Milano-Bicocca (Itália), que coletaram dados de mais de 400 participantes envolvendo expectativas comportamentais de pessoas descritas como "morais" e "imorais".

Desonesto não vira honesto

Os voluntários deviam estimar a probabilidade de que um indivíduo possuindo uma característica determinada - a honestidade - agisse de forma inconsistente, ou seja, passasse a agir desonestamente. O mesmo foi repetido para um indivíduo taxado de desonesto, devendo-se estimar a probabilidade de que ele agisse de forma honesta.

O resultado mostrou que os voluntários acreditam muito mais que uma pessoa com boa disposição moral - honesta - pode agir fora do seu caráter, ou seja, desonestamente, do que uma pessoa imoral possa se engajar em comportamentos inconsistentes para aquele caráter, ou seja, que uma pessoa imoral possa agir moralmente.

Isto mostra que as pessoas percebidas como tendo traços imorais terão dificuldade em mudar a forma como são vistas pelos outros, uma vez que são consideradas menos propensas a mudar de comportamento do que uma pessoa classificada como moral.

Isso é particularmente prejudicial para quem tem um caráter questionável ou está enfrentando processos legais, afirmam o professor Patrice Rusconi e seus colegas.

"A percepção dos outros sobre um indivíduo é incrivelmente importante, uma vez que, se você for visto de forma negativa, isso pode afetar o seu tratamento no local de trabalho e no sistema legal conforme você é julgado por seus delitos passados," afirmou Rusconi.


Ver mais notícias sobre os temas:

Ética

Comportamento

Emoções

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.