Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

21/06/2012

Bactérias benéficas ajudam a combater infecções por vírus

Redação do Diário da Saúde
Bactérias benéficas ajudam a combater infecções por vírus
Sem as bactérias comensais, as cobaias tiveram suas vias respiratórias superiores severamente danificadas pelo vírus da gripe.[Imagem: Nair/Abt/Artis/UPenn]

Bactérias comensais

Pessoas saudáveis abrigam um grupo enorme e diversificado de bactérias e outros microrganismos no interior dos seus corpos.

Isto está ficando cada vez mais patente graças ao trabalho de catalogação dessas bactérias, o que está sendo feito pelo Projeto Microbioma Humano.

Esses "sócios" microbianos ajudam nosso organismo de várias formas - da digestão dos alimentos ao desenvolvimento de um sistema imunológico saudável.

Embora sejam conhecidas como bactérias comensais, além das bactérias, essas populações de microrganismos benéficos incluem fungos, protozoários e até alguns vírus.

Comunidades microbianas

As comunidades microbianas colonizam as barreiras superficiais de várias partes do corpo humano, incluindo a pele, vias aéreas superiores, paredes vaginais e trato gastrointestinal.

A maior e mais diversificada comunidade microbiana vive no intestino.

A boa notícia é que esses microrganismos comensais também são essenciais para combater as infecções por vírus danosos.

Estudos em pacientes têm associado alterações nas comunidades bacterianas com susceptibilidade ao diabetes, obesidade, câncer, doença inflamatória intestinal, alergia e outros distúrbios.

Apesar disso, exatamente como as bactérias comensais regulam a imunidade após a exposição a agentes patogênicos é algo ainda não bem compreendido pelos cientistas.

Bactérias contra vírus

O papel das bactérias no combate às infecções virais acaba de ser documentado por um estudo realizado por David Artis e Michael Abt, da Universidade da Pensilvânia (EUA).

"A partir de nossos estudos em camundongos, nós descobrimos que os sinais provenientes desses micróbios benéficos são essenciais para otimizar a resposta imunológica a infecções virais," disse Artis.

Os sinais das bactérias comensais influenciam o desenvolvimento das células imunológicas e, portanto, a suscetibilidade a doenças infecciosas ou inflamatórias.

Neste novo estudo, camundongos tratados com antibióticos - para reduzir o número de bactérias comensais - apresentaram uma forte redução na resposta imunológica antiviral e um retardo substancial na eliminação de um vírus sistêmico e de um vírus da gripe.

Além disso, as cobaias tiveram suas vias respiratórias superiores severamente danificadas, e um aumento da taxa de mortalidade após a infecção com o vírus da gripe.

Isso demonstra que as alterações nas comunidades bacterianas comensais podem ter um impacto negativo sobre a imunidade contra vírus.

Imunidade antiviral

Os macrófagos, células do sistema imunológico, apresentaram uma diminuição da expressão dos genes associados com a imunidade antiviral.

Além disso, os macrófagos dos camundongos tratados com antibióticos apresentaram respostas defeituosas aos interferons, proteínas produzidas em resposta ao ataque de vírus, bactérias, parasitas ou células tumorais.

Em circunstâncias normais, os interferons facilitam a comunicação entre as células para fazer com que as células do sistema imunológico ataquem os patógenos ou os tumores.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Imunológico

Vírus

Bactérias

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Chá verde melhora conectividade do cérebro

Terapias contra artrite reumatoide podem causar diabetes, alerta médica

Vaginas produzidas em laboratório são implantadas em pacientes

Xixi com cloro da piscina faz mal mesmo

Brasil desvaloriza parto normal e sagra-se campeão mundial de cesáreas