Brasil terá nova fábrica de medicamentos biológicos

Uma nova indústria farmacêutica de biofármacos, medicamentos feitos a partir de materiais vivos, será construída no Rio de Janeiro.

A fábrica que será construída no Rio de Janeiro será a primeira indústria especializada na produção de medicamentos biológicos.

O novo empreendimento possibilitará que o Brasil reduza sua dependência em relação ao mercado externo de medicamentos biológicos, feitos a partir de material vivo e manufaturados a partir de processos que envolvem medicina personalizada e biologia molecular.

Os biofarmácos aumentam as possibilidades de sucesso no tratamento principalmente para doenças crônicas.

Inicialmente, a nova indústria focará sua produção em sete medicamentos: Rituximabe (linfoma); Infliximabe (artrite reumatoide), Etanercepte (artrite reumatoide), Infliximabe (artrite reumatoide), Cetuximabe (oncológico), Trastuzumabe (oncológico) e Bevacizumabe (oncológico).

A expectativa é que esses remédios cheguem ao mercado em três anos. Laboratórios internacionais fornecerão a tecnologia para a produção destes medicamentos.

A produção nacional vai gerar economia para o governo federal na compra de medicamentos de alta tecnologia oferecido no Sistema Único de Saúde (SUS). A previsão é que, com o fim das importações, o Brasil reduza em R$ 150 milhões ao ano, após o início da aquisição, os custos na compra desses produtos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Medicamentos

Terapias Alternativas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.