Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

08/05/2013

Café reduz pela metade recorrência do câncer de mama

Redação do Diário da Saúde
Café reduz pela metade recorrência do câncer de mama
Uma pesquisa brasileira mostrou que o café após o almoço também diminui risco de diabetes nas mulheres.[Imagem: Ag.USP]

Tomar café pode cortar pela metade o risco da recorrência do câncer de mama.

A conclusão é de um estudo realizado por cientistas da Universidade de Lund (Suécia) e publicado na revista Cancer Causes Control.

A equipe acompanhou mais de 600 pacientes com câncer de mama por cerca de cinco anos. Aproximadamente metade delas tomava o medicamento Tamoxifeno.

As pacientes que tomavam este medicamento e que consumiam duas ou mais xícaras de café por dia apresentaram uma taxa de recorrência do câncer de mama mais de 50% inferior em comparação com as pacientes que tomavam Tamoxifeno mas que não tomavam café.

A droga, uma terapia hormonal comum depois da cirurgia do câncer da mama, diminui o risco de novos tumores bloqueando os receptores de estrogênio.

Café contra o câncer

Como o café interage com o tratamento, no entanto, ainda é algo desconhecido.

"Uma teoria na qual estamos trabalhando é que o café 'ativa' o Tamoxifeno, tornando-o mais eficaz," disse Maria Simonsson, principal autora do estudo.

Os pesquisadores da mesma Universidade já haviam descoberto uma associação entre o consumo de café e um risco menor de desenvolver certos tipos de câncer de mama, enquanto cientistas norte-americanos descobriram que o café reduz o risco do câncer de próstata e o câncer oral.

Outros estudos têm demonstrado que a cafeína impede o crescimento de células cancerosas.

Este estudo observacional mais recente, envolvendo o papel do café na prevenção e tratamento do câncer, ressalta a necessidade de mais pesquisas na área, sobretudo em busca dos mecanismos fisiológicos de atuação da cafeína.

"Nós pretendemos avançar nossos estudos para saber mais sobre como o estilo de vida pode interagir com o tratamento do câncer de mama," diz Helena Jernstrom, professora de oncologia da Universidade de Lund.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde da Mulher

Câncer

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão