Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

14/11/2015

Caso suspeito de ebola é descartado após segundo exame negativo

Com informações do Ministério da Saúde

Não era

O Ministério da Saúde informou que o segundo exame para diagnóstico do paciente suspeito de infecção pelo vírus Ebola, internado na Fiocruz do Rio de Janeiro, também apresentou resultado negativo.

Com isto, o caso está descartado e será notificado à Organização Mundial da Saúde, por meio da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), segundo previsto no Regulamento Sanitário Internacional (RSI).

Após o resultado do exame, realizado pelo Laboratório de vírus respiratório e sarampo do Instituto Oswaldo Cruz, o paciente foi liberado do isolamento e receberá alta da internação no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas.

O Ministério da Saúde já comunicou a Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais sobre o resultado do exame e as 95 pessoas que tiveram contato com o paciente e estavam sendo acompanhadas já foram liberadas do monitoramento.

Medidas de vigilância

O Ministério da Saúde ressalta que o Sistema Único de Saúde (SUS) adotou todos os procedimentos necessários para a interrupção de uma possível cadeia de transmissão do vírus, e que todas as medidas de vigilância para identificação de um possível caso suspeito serão mantidas.

Qualquer pessoa que chegar da Guiné (África), único país com transmissão ativa do vírus Ebola atualmente, e apresentar febre até 21 dias após a chegada ao Brasil, será considerada caso suspeito e ser isolada imediatamente para aplicação do protocolo internacional.


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Vírus

Atendimento Médico-Hospitalar

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?