Cocaína muda estrutura do cérebro em duas horas

A cocaína pode mudar a estrutura do cérebro poucas horas após o consumo.

A conclusão é de um trabalho feito na Universidade da Califórnia, envolvendo experimentos com camundongos, que receberam injeções com cocaína.

Apenas duas horas após receber a primeira dose, as cobaias já haviam desenvolvido novas estruturas no cérebro que são ligadas à memória, ao uso de drogas e a mudanças de comportamento.

Os camundongos que tiveram as maiores alterações no cérebro revelaram ter uma dependência mais elevada de cocaína, mostrando que, segundo especialistas, o cérebro deles estava "aprendendo o vício".

Cocaína muda estrutura do cérebro em duas horas
Imagens temporizadas mostram o comportamento de estruturas chamadas espinhas dendríticas. Setas verdes indicam o crescimento de novas espinhas, setas azuis mostram a perda de espinhas e setas amarelas mostram espinhas estáveis.
[Imagem: UBerkeley]

Espinhas dendríticas

As estruturas que surgiram nos animais são chamadas espinhas dendríticas, estreitamente ligadas com a formação das memórias.

"Nossas imagens fornecem sinais claros de que a cocaína induz ganhos rápidos de novas espinhas, e quanto mais espinhas os camundongos ganham, mais eles mostram que 'aprenderam' (o vício) sobre a droga," disse Linda Wilbrecht, coautora do estudo.

A pesquisa foi divulgada na revista científica Nature Neuroscience.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vícios

Cérebro

Neurociências

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.