Comunidade online reproduz comportamento da sala de aula tradicional

Comunidade online reproduz comportamento da sala de aula tradicional
O que chamou a atenção de Marcela Lima, pesquisadora da Unicamp, foi o fato de os participantes do fórum trocarem ideias sobre escrita, fazer correções nos textos uns dos outros e opinarem sobre os textos produzidos.
[Imagem: Jornal da Unicamp]

Comunidade da escrita

Uma comunidade do Orkut, voltada para o exercício da prática de escrita, foi além das trocas de opiniões e da interação descompromissada entre seus membros.

O que chamou a atenção de Marcela Lima, pesquisadora da Unicamp, foi justamente o fato de os participantes do fórum trocarem ideias sobre escrita, fazer correções nos textos uns dos outros e opinarem sobre os textos produzidos.

O famoso "relacionamento" - a característica central do Orkut - tornou-se um objetivo secundário na comunidade, criada em 2006.

O que começou com experiências de textos literários, como poemas e crônicas, passou a contar com um perfil de participantes do ensino médio, cuja intenção era aprimorar a prática da escrita para atividades escolares.

Processo de ensino-aprendizagem

"Estes aspectos me ofereceram um corpus bem interessante para analisar os jogos das relações de ensino-aprendizagem entre os membros dentro de um ambiente virtual e não-formal, longe do estilo clássico de uma sala de aula", destaca Marcela.

Ela analisou as interações online com foco nas concepções de escrita e ensino-aprendizagem da escrita e na dinâmica de participação do grupo relacionadas aos três primeiros anos de formação da comunidade. Os resultados de suas observações constam da dissertação de mestrado apresentada no Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), orientada pela professora Inês Signorini.

O estudo apontou que vários elementos da escola tradicional aparecem nos diálogos analisados. Um exemplo seria a utilização do termo "redação", cunhado nas atividades em sala de aula. Outro caso são as reescritas de um texto com o objetivo de se conseguir "escrever bem", de acordo com as normas gramaticais.

Reprodução da sala de aula tradicional

"Na verdade, acredito que muitas das práticas exercidas pela comunidade online são reprodução do que ocorre na sala de aula clássica, ou seja, são aplicados os conhecimentos e estratégias apreendidas ao longo do processo de escolarização formal. São as velhas práticas se apresentando com novas roupagens", avalia.

A própria tônica dos membros da comunidade era algo do tipo escrever bem como grandes autores, uma argumentação bem característica da dinâmica convencional. Com isso, Marcela defende que o que se pretendia uma revolução no ensino a partir das tecnologias de informação, ainda não ocorreu. Para ela, as transformações não são automáticas como se acreditava. Pelo estudo, é possível visualizar um processo de mudança que ainda carece encontrar a sua forma.

Ainda assim, para a autora do estudo, trata-se de uma iniciativa que foge ao padrão tradicional do ponto de vista da participação em situações de ensino-aprendizagem da escrita, pois na comunidade online o papel do professor, por exemplo, é compartilhado pelo grupo. Os participantes se revezam na função de corrigir e opinar sobre os textos, atuando como moderadores das discussões.


Ver mais notícias sobre os temas:

Educação

Relacionamentos

Softwares

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.