Consumo de carne vermelha ligado à menstruação precoce

Carne vermelha e menstruação precoce
Carne vermelha e menstruação precoce: é uma diferença importante porque está associada ao risco de doenças mais tarde na vida.
[Imagem: Umich]

Carne vermelha ou peixe

Meninas que comem carne vermelha começam a menstruar, em média, cinco meses mais cedo do que aquelas que não comem esse tipo de carne.

Por outro lado, as garotas que consomem peixes com alto teor de gordura, como atum e sardinha, mais de uma vez por semana, têm seu primeiro ciclo menstrual significativamente mais tarde do que aquelas que comem os mesmos peixes apenas uma vez por mês ou menos.

Os dados foram coletados entre meninas de 5 a 12 anos de idade da Colômbia por pesquisadores da Universidade de Michigan (EUA). Elas foram monitoradas por cerca de seis anos.

Carne vermelha e menstruação precoce

A carne vermelha consumida pelas meninas variou entre menos de quatro vezes por semana a duas vezes por dia.

As meninas que comiam mais carne vermelha começaram seus períodos em uma idade mediana de 12 anos e 3 meses. Aquelas que comiam com menos frequência menstruaram com 12 anos e 8 meses. Aquelas que comiam peixe gordo mais frequentemente começaram aos 12 anos 6 meses.

"Nós não sabemos quais componentes específicos da carne vermelha podem provocar a menstruação precoce. Poderia ser a proteína ou alguns micronutrientes naturalmente presentes na carne vermelha, subprodutos que são criados durante a fabricação, a embalagem das carnes curadas, durante o cozimento, ou substâncias que estão nos alimentos do gado," disse o professor Eduardo Villamor.

Micronutrientes da carne

Cinco meses podem não parecer muito, mas é um número significativo quando se fala de um estudo populacional, disseram os pesquisadores.

"É uma diferença importante porque está associada ao risco de doenças mais tarde na vida. Este resultado pode também contribuir para explicar porque o consumo de carne vermelha no início da vida está relacionado ao aumento do risco de câncer de mama mais tarde na vida," disse Erica Jansen, a principal autora do estudo.

Além do câncer de mama, o início precoce da puberdade tem sido associado com doenças cardíacas, como a obesidade e o diabetes tipo II.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde da Mulher

Alimentação e Nutrição

Comportamento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.