Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

24/02/2015

Coração artificial pediátrico vence premiação

Com informações do Fundação Capes

Um coração artificial pediátrico desenvolvido no Instituto do Coração (InCor) do da Universidade de São Paulo (USP) foi contemplado com o Prêmio Péter Murányi 2015 - Desenvolvimento Científico & Tecnológico, que conta com apoio da Fundação Capes.

Coordenada pela bióloga Idágene Aparecida Cestare, a pesquisa concorreu com outros 105 trabalhos inscritos. Foi escolhida entre três finalistas por um júri composto por 25 integrantes, que se reuniu no dia 11 de fevereiro na Sala do Conselho do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), em São Paulo.

"É uma sensação maravilhosa ter o reconhecimento sobre a importância deste trabalho", comemorou a pesquisadora, que é especialista em bioengenharia. "Nossa expectativa agora é dar continuidade à pesquisa para obtermos mais avanços", afirmou ela, contando que o InCor já se associou a outros dois hospitais para avaliar o dispositivo clinicamente.

Esta é a primeira vez que o InCor sai vencedor. Os outros dois finalistas são da Universidade Federal de Brasília (UnB), com uma pesquisa para a aplicação dos resíduos de construção e demolição em misturas asfálticas, e do Instituto Butantan, com uma nova vacina contra a coqueluche.

Inovação

Segundo Manoel Santana Cardoso, assessor de Planejamento e Consolidação da Informação da Capes e um dos membros do júri, o que chamou a atenção foi o caráter altamente inovativo das propostas finalistas.

"Isto mostra que a preocupação com o tema inovação vem crescendo, demonstra como os nossos pesquisadores estão se envolvendo com inovação, com pesquisas que tenham potencial de chegar ao mercado e virarem produto", aponta.

Ele também destacou o componente social presente nos três finalistas. "Todos oferecem respostas efetivas à sociedade e chegarão em breve à sociedade brasileira", continua. "O prêmio é realmente um diferencial e certamente vai ter também um efeito demonstrativo para os outros pesquisadores", concluiu.

Prêmio Péter Murányi

O Prêmio Péter Murányi está em sua 14ª edição e tem como objetivo valorizar o trabalho de pesquisadores e instituições que se destaquem por suas descobertas inovadoras voltadas para o bem-estar social das populações em desenvolvimento.

Concedido anualmente, o Prêmio contempla de modo alternado quatro áreas: saúde, educação, alimentação e desenvolvimento científico e tecnológico. Desde que foi instituído, já foram concedidos R$ 2 milhões em prêmios.


Ver mais notícias sobre os temas:

Equipamentos Médicos

Implantes

Coração

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Cientistas dizem ter descoberto cura definitiva para alcoolismo

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?