Uma em cada 10 pessoas acredita no fim do mundo segundo os Maias

Uma em cada 10 pessoas acredita no fim do mundo segundo os Maias
Percentual de concordância com a afirmação "O calendário Maia, que alguns dizem que 'acaba' em 2012, marca o fim do mundo."
[Imagem: Cortesia Ipsos]

Medo do fim do mundo

Mais de 14% da população mundial - 1 pessoa em cada 7 - acredita que o fim do mundo ocorrerá durante a duração de sua vida.

Pelo menos é o que indica um levantamento online realizado por uma empresa de pesquisas do EUA, a Ipsos.

Foram entrevistados 16.262 adultos em 21 países.

Uma em cada 10 pessoas acredita que o calendário Maia, que alguns dizem que 'acaba' em 2012, marca o fim do mundo.

E os impactos da crença parecem ser emocionalmente fortes: 1 em cada 8 pessoas admite ter sentido ansiedade ou medo por causa do imaginado fim do mundo em 2012.

O mundo vai acabar?

Veja o resultado aberto por resposta à afirmação: "O mundo vai acabar durante minha vida."

  • 4%: Concordo plenamente.
  • 10%: Concordo um pouco.
  • 19%: Discordo um pouco.
  • 66%: Discordo plenamente.

O maior medo do Apocalipse foi registrado na Turquia (22%), Estados Unidos (22%), África do Sul (21%), Argentina (19%), México (19%) e Indonésia (19%).

A maior despreocupação com o assunto foi registrada na França (6%), Bélgica (7%), Grã-Bretanha (8%) e Suécia (11%).

Contudo, mesmo no caso dessa "despreocupação", os números impressionam, sobretudo em uma época em que se vangloria do alcance quase pleno dos meios de comunicação e da educação universal.

O sentido do fim do mundo

O assunto tem sido extensivamente estudado, e alguns defendem que as visões apocalípticas nos ajudam a dar sentido a um mundo muitas vezes aparentemente sem sentido.

Nós queremos sentir que, não importa quão caótico, opressivo ou mal o mundo está, tudo sairá bem "no final".

E então projetamos mentalmente um final, aderindo à primeira qualquer história que surja.

Assim, o apocalipse, com o sentido de fim da história, torna-se aceitável quando acompanhado da crença de que haverá um novo começo.

Veja uma extensa discussão sobre o assunto em nossa reportagem:


Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Educação

Espiritualidade

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.