Oficinas de culinária dão receitas para pacientes com câncer

É muito comum o paciente com câncer perder o apetite durante os tratamentos de quimioterapia.

Pensando nisso, o serviço de Nutrição e Dietética do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) está oferecendo aulas práticas de culinária para ensinar pacientes e acompanhantes a preparar receitas que estimulem o paladar e reduzam os efeitos colaterais comuns da quimioterapia, como náuseas e dor para engolir.

As oficinas acontecem todas as terças-feiras e podem atender cerca de 80 pessoas por mês. As receitas são testadas pela equipe antes das aulas e, além de gostosas e saudáveis, têm baixo custo.

Suco de maçã com limão e hortelã, por exemplo, apesar de simples, ajuda a aliviar a sensação de boca seca e enjoo, tão comuns durante o período de quimioterapia.

Já entre os pratos principais, o rocambole salgado de fubá é uma das receitas mais pedidas.

A oficina inclui a participação de uma psicóloga, para que os acompanhantes sejam auxiliados a compreender o comportamento do paciente nesta fase do tratamento e aprendam a melhor maneira de lidar com estes sintomas.

A quimioterapia impede a multiplicação de células malignas. O processo, entretanto, pode causar alterações no paladar como a redução ou ausência da sensibilidade aos sabores. Apesar de temporários, esses efeitos são um dos principais responsáveis pela diminuição do apetite e perda de peso dos pacientes.

"O acompanhamento do médico e, em alguns casos, a prescrição de medicamentos para possíveis reações é fundamental, mas o auxílio pode vir da cozinha de casa, na elaboração de pratos que ajudam a melhorar o apetite e controlar os sintomas," comenta o coordenador do Serviço de Nutrição do Icesp, Vitor Modesto Rosa.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Quimioterapia

Câncer

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.