Dieta Mediterrânea é boa em qualquer parte do mundo

Dieta Mediterrânea é boa em qualquer parte do mundo
Mesmo as massas, que fazem parte da dieta mediterrânea, parecem não merecer a má-fama que possuem quando o assunto é ganhar peso.
[Imagem: Archon6812/Wikipedia]

Comportamento mediterrâneo

Adotar a dieta mediterrânea e colher seus benefícios não é um privilégio das pessoas que moram na região do Mar Mediterrâneo.

"O resultado mais surpreendente foi que os efeitos positivos foram encontrados em países ao redor do mundo inteiro. Portanto, independentemente de viver fora do que é considerada a região do Mediterrâneo, os efeitos cognitivos positivos da adoção da dieta mediterrânea foram semelhantes," disse o professor Roy Hardman, da Universidade de Tecnologia de Melbourne, Austrália.

Ele e seus colegas analisaram todos os estudos científicos realizados sobre o assunto entre os anos de 2000 e 2015, procurando especificamente indícios de que a dieta mediterrânea impacta os processos cognitivos ao longo do tempo.

Além da diminuição na taxa de declínio cognitivo e melhora das funções cognitivas, a equipe identificou uma significativa diminuição do diagnóstico da doença de Alzheimer entre as pessoas que adotam aquele tipo de alimentação.

Nozes, azeite e pouca carne

Os principais componentes da dieta mediterrânea são: alimentos de origem vegetal, como folhas verdes, frutas frescas e legumes, cereais, grãos, sementes, nozes e leguminosas. Também há pouca ingestão de produtos lácteos, a carne vermelha pouco aparece e o azeite de oliva é a principal fonte de gordura.

Os estudos analisados documentam melhoras na atenção, memória e linguagem. A memória parece ser particularmente beneficiada, mas o coração - o sistema cardiovascular - também tem benefícios claros.

"Eu, portanto, recomendo às pessoas a tentar aderir ou mudar para uma dieta mediterrânea, mesmo em uma idade mais avançada", aconselhou Hardman.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Qualidade de Vida

Cérebro

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.