Estetoscópio inteligente escuta tamanho das pedras nos rins

Estetoscópio inteligente
O estetoscópio inteligente monitora sozinho o eco das ondas de choque que atingem as pedras, informando quando elas já foram trituradas o suficiente.
[Imagem: University of Southampton]

Ouvido automático

Um estetoscópio inteligente está ajudando a monitorar a eficácia dos tratamentos de cálculos renais.

A combinação inusitada é possível porque, ao contrário dos estetoscópios comuns, que os médicos usam para ouvir os batimentos cardíacos ou a respiração, este nem mesmo é precisa ser conectado continuamente aos ouvidos do profissional de saúde.

O aparelho monitora sozinho os ecos das ondas de choque destinadas a destruir as pedras nos rins, permitindo dosar o tratamento e medir sua eficácia.

Isso pode evitar que os pacientes submetam-se desnecessariamente a novas terapias ou façam exames de raios X desnecessários.

Tratamento de choque nos rins

Quando as pedras nos rins não são dissolvidas por medicamentos ou alterações na dieta, o procedimento mais comum é a litotripsia.

A litotripsia opera focando milhares de ondas de choque sobre as pedras nos rins, na tentativa para quebrá-las em pedaços pequenos o suficiente para que elas sejam então dissolvidas pelos remédios ou simplesmente liberadas com o xixi.

Ocorre que é muito difícil verificar exatamente quando o tratamento foi bem-sucedido em quebrar as pedras.

Com isso, os pacientes frequentemente recebem mais choques mais do que o necessário, ou são mandados para casa depois de receber um número insuficiente de ondas de choque, levando de volta muitas pedras ainda grandes.

Estetoscópio inteligente

O Dr. Tim Leighton, da Universidade de Southampton (Reino Unido) pretende evitar tudo isso com o novo estetoscópio inteligente que ele e sua equipe criaram.

O aparelho monitora sozinho o eco das ondas de choque que atingem as pedras, informando quando elas já foram trituradas o suficiente.

"Nós registramos o som das pedras no início do tratamento, quando elas estão ainda intactas e fazem um som de tique; e esperamos por um "taque" para indicar o final do tratamento, quando a pedra foi quebrada," explica o médico.

O aparelho está em testes em alguns hospitais ingleses antes de ser aprovado para venda.


Ver mais notícias sobre os temas:

Equipamentos Médicos

Tratamentos

Exames

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.