Exame para diagnóstico do câncer de próstata pode ser desnecessário

Exame PSA

Homens com idades entre 75 e 80 anos podem não se beneficiar com a realização do exame de rotina PSA (Prostate Specific Antigen) para detecção do câncer de próstata, de acordo com um estudo feito na Universidade Johns Hopkins (Estados Unidos), que será publicado no exemplar de Abril do The Journal of Urology.

Os pesquisadores descobriram que homens nesta faixa etária com níveis de PSA menores do que 3 nanogramas por mililitro têm poucas chances de ser acometidos de câncer agressivo da próstata e de morrer em decorrência dessa doença durante todo o restante de sua vida, sugerindo que o uso do exame PSA em muitos homens idosos pode não mais ser necessário.

O estudo

O estudo revisou dados de 849 homens (122 com e 727 sem o câncer de próstata) que se submeteram a exames rotineiros de PSA no Instituto Nacional de Envelhecimento, em Baltimore.

Os resultados mostraram que, entre os homens acima de 75 anos com níveis menores do que 3 nanogramas por mililitro, nenhum morreu de câncer de próstata e somente um desenvolveu o câncer de próstata de alto risco.

Em contraste, homens de todas as idades com níveis de 3 nanogramas por mililitro ou maiores têm uma probabilidade crescente de morrer de câncer de próstata.

Sabendo a hora de parar

Se confirmado por estudos futuros, esses resultados poderão ajudar a determinar regras mais específicas para a supressão dos exames de PSA, segundo o Dr. Edward Schaeffer, coordenador do estudo.

"Nós precisamos identificar onde nós podemos focar melhor os recursos da saúde concentrando-nos em pacientes que realmente se beneficiam dos exames de PSA," diz Schaeffer. "Estas descobertas dão uma sugestão muito forte de quando nós podemos começar a aconselhar os pacientes a pararem de fazer os exames."

Exame de toque retal

Recentemente, o Instituto Nacional do Câncer emitiu alerta sobre a falta de evidências científicas que dêem suporte ao uso extensivo dos exames de toque retal e de PSA - veja Toque retal para prevenção de câncer de próstata não deve ser rotina e INCA mantém restrições ao exame de toque retal.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde do Homem

Exames

Prevenção

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.