Governo vai capacitar líderes religiosos para atuar no combate às drogas

Formação de líderes religiosos

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), da Presidência da República, pretende capacitar, até 2011, 20 mil líderes religiosos para atuar na prevenção do uso de álcool e outras drogas que geram comportamentos de risco e situações de violência.

"É um projeto inédito no mundo. Não temos conhecimento da atuação conjunta do governo e igrejas na prevenção do uso de drogas em nenhum outro país", afirmou à Agência Brasil a secretária adjunta nacional de Políticas sobre Drogas, da Senad, Paulina Duarte. Ela disse que o problema da dependência química atinge 12% da população mundial e no Brasil a situação é semelhante.

Fé na Prevenção

A primeira fase do projeto Prevenção do Uso de Drogas em Instituições Religiosas e Movimentos Afins - Fé na Prevenção vai capacitar 5 mil pessoas em vários estados. As aulas desse módulo começam no dia 10 de agosto. "A procura foi excelente, 7.600 pessoas se inscreveram, o que levará a um processo de seleção. Um novo curso já está garantido com recursos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci)", informou.

É um curso gratuito, na modalidade de ensino a distância, com duração de dois meses e certificação pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Valores espirituais contra as drogas

A secretaria lembrou que pesquisas científicas têm identificado a religião como um fator importante na prevenção ao uso de drogas. Pessoas com valores espirituais têm menos possibilidades de fazer uso de álcool e outras drogas e têm também maiores chances de recuperação. Com essa base, é mais fácil o enfrentamento do estresse e de situações difíceis na vida, que são fatores de risco para o uso de drogas, admitiu.

Pastoral da Sobriedade

De acordo com Paulina Duarte, a ideia do projeto surgiu em Curitiba, a partir da Pastoral da Sobriedade, coordenada pelo padre João Ceconello, "uma instituição religiosa, que juntamente com outras organizações, forma uma rede social de apoio importante na vida dos dependentes químicos e seus familiares". Segundo ela, o governo quer aproveitar essa rede já constituída e capacitá-la com conhecimentos técnicos adequados.

A Senad reuniu representantes de cada segmento religioso - católicos, evangélicos de praticamente todas as congregações, judeus, espíritas, pessoas de movimentos afro e afins - e de acordo com a doutrina de cada um, foi elaborado o material que será distribuído no curso.

Curso a distância

O Pronasci investiu, nessa primeira fase, um total de R$ 2,5 milhões no projeto, que inclui o material do curso composto de 6 mil kits formado por livros, cartilhas e CD-ROM.

A secretária chama a atenção para as cartilhas, que além de subsidiar o trabalho dos líderes, poderão ser distribuídas para pais, jovens e casais. Elas foram elaboradas com textos diferentes, que atendem as necessidades de cada um. "No caso dos casais, quando um deles faz uso de drogas, traz instruções de como a família deve agir para não se desestruturar".


Ver mais notícias sobre os temas:

Vícios

Espiritualidade

Drogas Lícitas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.