Homens e mulheres precisam de dietas diferentes

Homens e mulheres precisam de dietas diferentes

[Imagem: UNSW Faculty of Science]

Diferença de dieta entre homens e mulheres

Já se sabia que a dieta pode influenciar fortemente quantos anos você viverá e o seu sucesso reprodutivo, mas agora os cientistas descobriram que o que funciona para os homens pode ser diferente do que funciona para as mulheres.

No primeiro estudo desse tipo, os pesquisadores demonstraram que o sexo desempenha um papel crucial na determinação de qual dieta é mais adequada para promover uma vida mais longa ou o sucesso reprodutivo.

Dieta, envelhecimento e reprodução

Na "batalha dos sexos" evolucionária, traços que beneficiam os homens são mais "caros" quando se expressam nas fêmeas e vice-versa. Esse conflito pode ter implicações para a dieta humana, o envelhecimento e a reprodução, afirma uma equipe de pesquisadores australianos.

"Quando se trata de escolher a dieta correta, nós precisamos olhar com mais cuidado para o indivíduo, seu sexo e seu estágio reprodutivo na vida," afirma o pesquisador Rob Brooks. "Pode ser, por exemplo, que as mulheres nos seus anos mais férteis necessitem de uma dieta diferente daquelas que passaram pela menopausa."

O que queremos comer e o que é melhor para nós

"[A pesquisa] também destaca uma lição importante que o que nós queremos comer, ou, se você preferir, o que nós estamos programados para comer, não é necessariamente o melhor para nós," diz ele. Os pesquisadores estão fazendo estudos de longo prazo nas cigarras pretas do campo australianas e descobriram que o tempo de vida tanto de machos quanto de fêmeas é maximizado com dietas com elevado teor de carboidratos e baixo nível de proteínas, afirmam eles no último exemplar da revista Current Biology.

Proteínas versus carboidratos

Mas o sucesso reprodutivo difere dramaticamente entre os sexos quando o equilíbrio carboidrato-proteína é alterado: os machos vivem mais e têm um maior sucesso reprodutivo com uma dieta que favorece os carboidratos em relação às proteínas em uma proporção de oito para um, enquanto as fêmeas têm maior sucesso quando a taxa é de apenas um para um.

Podendo escolher, contudo, as fêmeas comem apenas uma pequena porção a mais de proteínas do que os machos. A habilidade compartilhada de detectar e escolher comidas condena tanto machos quanto fêmeas a comer uma dieta que é um meio-termo entre o que é melhor para cada sexo.

Cigarras e humanos

Mas qual é a significância de um estudo sobre cigarras para o ser humano? "Homens e mulheres investem de forma diferente na reprodução, uma diferença que é ainda mais marcante do que aquela entre as cigarras macho e fêmea," diz Brooks. "Pense na tremenda quantidade de energia e proteína exigida de uma mãe ao carregar um bebê até o parto e amamentá-lo. Nós também sabemos que os homens e as mulheres necessitam comer dietas diferentes - pense na cuidadosa atenção que nós damos ao que as grávidas precisam comer."

Dietas de homens e mulheres

"O que homens e mulheres precisam comer pode ser mais dramaticamente diferente do que nós já percebemos. Entretanto, homens e mulheres consomem dietas muito similares e nossos resultados sugerem que nossos gostos e preferências por comida podem ser um meio-termo compartilhado, como acontece com as cigarras."

Os pesquisadores acreditam que os sexos compartilham a maioria dos seus genes e este fato pode restringir a evolução de diferenças sexuais em características como a escolha da dieta, porque muitos dos genes são provavelmente responsáveis pela expressão de características em ambos os sexos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Gênero

Genética

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.