Impulsividade e superstições estão interligadas

Impulsividade e superstições estão interligadas
Jogadores com maiores níveis de impulsividade são mais suscetíveis a diversos erros no raciocínio que ocorrem durante o jogo, incluindo um aumento nos rituais supersticiosos e colocar a culpa por suas perdas em coisas como a má sorte.
[Imagem: Valerie Imre/Wikimedia]

Raciocínio falho

Pesquisadores descobriram uma ligação entre a impulsividade e o chamado "raciocínio falho", como acreditar em rituais supersticiosos e em amuletos da sorte.

Estudando jogadores compulsivos que estavam buscando tratamento clínico, os pesquisadores descobriram que aqueles jogadores com maiores níveis de impulsividade são muito mais suscetíveis a erros de raciocínio associados ao jogo.

Esses erros de raciocínio incluem rituais supersticiosos, como carregar um amuleto da sorte, e explicações sobre suas perdas recentes, o que inclui a má sorte e até a "frieza" das máquinas de jogo.

As descobertas foram publicadas no último exemplar da revista Psychological Medicine.

Jogo patológico

Embora o jogo seja uma forma popular de entretenimento para muitas pessoas, o jogo patológico é um distúrbio psiquiátrico que afeta cerca de 1% da população.

Os sintomas incluem a perda de controle sobre o jogo, sintomas de abstinência, como irritabilidade, e várias consequências negativas, incluindo dívidas de jogo e dificuldades em família.

"A ligação entre impulsividade e crenças nos jogos de azar nos sugere que a forte impulsividade pode predispor a uma série de distorções mais complexas - tais como as superstições - que os jogadores experimentam frequentemente, explica o Dr. Luke Clark, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

"Nossa pesquisa ajuda a fundir essas duas prováveis causas subjacentes ao problema do jogo, lançando luz sobre por que algumas pessoas estão propensas a se tornarem jogadores patológicos," completa.

Personalidade viciante

A pesquisa consistiu em comparar jogadores com não-jogadores da população em geral.

Inicialmente foram aplicados questionários para medir a impulsividade sozinha.

Adicionalmente, um questionário mostrou que os jogadores são particularmente impulsivos durante estados de espírito mais extremos - bom ou mau humor - que são frequentemente sinais que podem desencadear a busca do jogo.

O grupo de controle não mostrou conexão entre a impulsividade e a busca por premiações imediatas, quando se compara a capacidade de trocar um prêmio imediato por um prêmio maior no futuro.

Embora aspectos da "personalidade viciante" tenham sido identificados anteriormente em estudos sobre o vício no jogo, a nova descoberta é que os jogadores com maiores níveis de impulsividade são mais suscetíveis a diversos erros no raciocínio que ocorrem durante o jogo, incluindo um aumento nos rituais supersticiosos e colocar a culpa por suas perdas em coisas como a má sorte.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vícios

Mente

Psicoterapia

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.