Indústria alimentícia usa chavões saudáveis em produtos não-saudáveis

Só palavras

Chavões relacionados à saúde, tais como "antioxidantes", "sem glúten" e "grãos integrais", estão induzindo os consumidores a pensar que os alimentos industrializados rotulados com essas palavras são mais saudáveis do que eles realmente são.

Essa "falsa sensação de saúde", assim como a incapacidade dos consumidores em compreender as informações apresentadas nas tabelas nutricionais impressas nas embalagens dos alimentos, podem estar contribuindo para o alastramento da obesidade.

O alerta é de Temple Northup, professor da Universidade de Houston (EUA), especializado em comunicação pela mídia.

"Dizer que o Cherry 7-Up contém antioxidantes é enganoso. Comerciantes de alimentos estão explorando os desejos dos consumidores de se manterem saudáveis anunciando produtos como nutritivos quando, na verdade, eles não são," disse Northup, principal autor do estudo "Verdade, Mentiras e Embalagens: Como a Indústria Alimentícia Cria uma Falsa Sensação de Saúde".

Em seu estudo, Northup e seus colegas examinaram o quanto os consumidores associam termos de marketing usados nas embalagens de alimentos com uma boa saúde.

Eles constataram que os consumidores tendem a ver os produtos alimentícios marcados com eufemismos relacionados à saúde como mais saudáveis.

Marketing dos chavões

A pesquisa também mostrou que as tabelas nutricionais impressas nas embalagens de alimentos fazem pouco para combater o que a equipe chama de "marketing dos chavões".

"Palavras como orgânico, antioxidante, natural e livre de glúten implicam algum tipo de benefício saudável," explica Northup. "Quando as pessoas param para pensar sobre isso, não há nada de saudável no Antioxidant Cherry 7-Up - ele é majoritariamente xarope rico em frutose ou açúcar, mas seu nome lhe dá essa indicação de que haveria algum tipo de benefício para a saúde em algo que não é saudável de forma nenhuma."

Northup afirma esperar que os resultados do seu estudo contribuam para uma melhor discussão sobre a forma como os alimentos são anunciados, orientando o desenvolvimento de uma "alfabetização específica das mídias" e ajude as pessoas a compreender os efeitos de como os alimentos são apresentados para os consumidores.


Ver mais notícias sobre os temas:

Consumo Responsável

Alimentação e Nutrição

Ética

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.