Lei proíbe fabricação e comercialização de produtos que imitem cigarros

A presidente Dilma Rousseff sancionou sem vetos a Lei 12.921/13.

A nova lei proíbe a fabricação, comercialização, distribuição e a propaganda de produtos nacionais e importados, de qualquer natureza, que imitem a forma de cigarros ou similares destinados ao público infanto-juvenil.

Publicada na edição desta sexta-feira (27) do Diário Oficial da União, a lei entrará em vigor em 180 dias.

A partir de então, haverá multa de R$ 10 por produto apreendido que fira a legislação. Em caso de reincidência, o valor será dobrado.

Normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já estabelecem restrições a produtos que imitem cigarros mas, até agora, as limitações eram apenas para alimentos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Vícios

Drogas Lícitas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.