Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

18/02/2013

Leite orgânico ganha espaço na mesa dos brasileiros

Redação do Diário da Saúde
Leite orgânico ganha espaço na mesa dos brasileiros
Recentemente, pesquisadores da USP desenvolveram um novo tipo de leite enriquecido com minerais e vitaminas.[Imagem: Stefan Kühn]

Leite sem agrotóxicos

O leite também entrou na tendência orgânica, que cresce cada vez mais no Brasil.

Sem nenhum tipo de agrotóxico nos processos de produção, o alimento obtido de forma natural já chega à mesa do consumidor brasileiro com selo de qualidade.

Pesquisas mostram que os agrotóxicos podem ser a causa de muitas alergias alimentares e são a segunda maior causa de intoxicação.

Apesar das regulamentações, muitos agrotóxicos não autorizados são encontrados nos alimentos.

Leite orgânico

No ano passado, a Embrapa Cerrados, em consórcio com a Universidade Federal de Santa Catarina, decidiu impulsionar a produção e o consumo do leite orgânico no país.

Entre as pesquisas desenvolvidas, o correto manejo de pastagens é um fator fundamental.

A Embrapa está trabalhando no desenvolvimento de uma unidade de pesquisa participativa que possa ser replicada em todo o País.

Os principais nutrientes para a produção de pastagens são o nitrogênio, o fósforo e o potássio.

A fonte de nitrogênio tradicional é a ureia, mas ela é totalmente proibida no sistema orgânico.

O jeito então foi utilizar a adubação verde, com leguminosas fixadoras de nitrogênio.

"Como fonte de fósforo, são usados fosfatos de rochas naturais e, no lugar do cloreto de potássio, usamos o pó de rocha. Tudo é natural e não tem nada de adubo químico", explica João Paulo Soares, da Embrapa.

Preço do leite orgânico

Embora o preço do leite orgânico seja mais alto para o comprador, os números da produção mostram que a aposta no mercado dos alimentos orgânicos pode valer a pena para os produtores.

O preço pago aos produtores pelo leite convencional é de R$ 0,80 por litro, enquanto o leite orgânico rende até R$ 3,50 por litro.

Já no supermercado, o litro do leite produzido sem agrotóxicos custa até R$ 4,50, enquanto o convencional não ultrapassa R$ 2,00.

Mesmo representando ainda uma pequena parcela de tudo que é produzido em território nacional, o crescimento em fabricação do leite sem resíduos tóxicos chega a 250%, se considerados os últimos 10 anos.

Segundo pesquisa recente da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o brasileiro consome ou inala 6,7 litros de agrotóxico por ano.


Ver mais notícias sobre os temas:

Consumo Responsável

Conservação de Alimentos

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?