Lentes de contato coloridas para Halloween são perigosas, alerta médico

Lentes de contato coloridas para Halloween são perigosas, alerta médico
O resultado final de usar lentes de contato sem prescrição médica pode não ser nada divertido.
[Imagem: LUHS]

Lentes decorativas

Lentes de contato "decorativas" - o efeito, na verdade, é assustador - estão se tornando populares nas comemorações de Halloween.

Assim como a festa, a brincadeira de decorar os olhos também está sendo importada para o Brasil.

Mas uma equipe de oftalmologistas da Universidade de Loyola (EUA) alerta que há um risco real de danos graves aos olhos se lentes de contato forem usadas sem prescrição médica e sem os cuidados adequados.

Olhos de zumbi

Lentes de contato coloridas, para alterar a cor dos olhos, já são vendidas há anos.

Mas as lentes de contato para o Halloween vêm em cores como branco zumbi, vermelho vampiro e até "safira sexy".

Há também as quase totalmente pretas, em formato de teia de aranha, bola de futebol, e uma infinidade de opções.

O que poucos sabem é que é ilegal vender esses produtos, que não foram aprovados para uso médico.

Mas o que todos devem saber é que os olhos podem não gostar nem um pouco da brincadeira, e ficarem feios para valer.

Realmente assustadoras

"Mesmo quando usadas por um período de tempo relativamente curto, por exemplo, durante uma festa de Halloween, lentes de contato decorativas podem danificar os olhos se não forem usadas corretamente," disse o Dr. Peter Russo, que fez a análise dos produtos que, nos EUA, estão sendo vendidos em lojas de produtos para festas e fantasias.

O médico alerta que o produto também pode ser encontrado pela internet.

"Elas podem parecer muito divertidas, mas não vale a pena o risco. Nunca use uma lente de contato, seja para correção da visão ou para decoração, sem receita médica," alertou ele.


Ver mais notícias sobre os temas:

Olhos e Visão

Prevenção

Equipamentos Médicos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.