Limpeza excessiva pode fazer pessoas adoecerem mais

Desregulação endócrina

Pessoas jovens superexpostas a sabonetes antibacterianos contendo triclosan podem sofrer mais alergias.

Já adultos com maior exposição a níveis elevados de bisfenol A podem ter seu sistema imunológico afetado negativamente.

A conclusão é de uma pesquisa realizada pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos.

O triclosan é um composto químico largamente usado em produtos como sabonetes antibacterianos, pastas de dentes, canetas, sacos de fraldas e dispositivos médicos.

Já o bisfenol A (BPA) é encontrado em muitos plásticos, e, por exemplo, como um revestimento protetor em latas de comida.

Os dois produtos químicos pertencem a uma classe de substâncias ambientalmente tóxicas chamada de compostos de desregulação endócrina, que impactam negativamente a saúde humana ao imitar ou afetar os hormônios naturais.

Bisfenol e triclosan

Os pesquisadores compararam os índices de BPA e triclosan presentes na urina com os níveis de anticorpos do citomegalovírus (CMV) e com diagnósticos de alergias ou febre do feno em uma amostra representativa da população de adultos e crianças acima de 6 anos de idade.

As alergias e a febre do feno foram utilizadas como dois marcadores distintos de alterações imunológicas.

"Nós descobrimos que pessoas com mais de 18 anos de idade com altos níveis de exposição ao BPA tinham níveis mais altos de anticorpos CMV, o que sugere que o seu sistema imune mediado por células pode não estar funcionando corretamente," explica a Dra. Erin Rees Clayton, coordenadora da pesquisa.

Hipótese da higiene

Os cientistas também descobriram que pessoas com idade até 18 anos com altos níveis de triclosan eram mais suscetíveis de apresentar alergias e febre do feno.

"Os resultados do triclosan nos grupos etários mais jovens podem apoiar a 'hipótese da higiene', que sustenta que viver em ambientes muito limpos e higiênicos pode afetar a nossa exposição a microrganismos que são benéficos para o desenvolvimento do sistema imunológico," afirmou Allison Aiello, coautora do estudo.

Como um agente antimicrobiano encontrado em muitos produtos domésticos, o triclosan pode mudar os microrganismos aos quais estamos expostos, de tal forma que o desenvolvimento do sistema imune na infância é afetado.

"É possível que estar limpo demais possa fazer mal a uma pessoa," disse Aiello.

Idade e efeito cumulativo

Segundo a pesquisadora, estudos anteriores com animais indicaram que o BPA e o triclosan podem afetar o sistema imunológico, mas este é o primeiro estudo que analisou o impacto desses compostos no sistema imunológico humano.

Um dado surpreendente é que, com a exposição ao Bisfenol A, a idade parece importar: em pessoas com 18 anos ou mais, quantidades maiores de BPA foram associados com maiores níveis de CMV, mas, em pessoas menores de 18 anos, o inverso foi verdadeiro.

"Isto sugere que o momento da exposição ao BPA e, talvez, a quantidade e o tempo que ficamos expostos ao BPA pode afetar a resposta do sistema imunológico," disse Clayton.

Há uma preocupação crescente entre a comunidade científica e grupos de consumidores que estes compostos de desregulação endócrina seriam perigosos para os seres humanos em níveis mais baixos do que os previstos pela legislação.

Recentemente, o uso de Bisfenol-A em mamadeiras foi proibido na Europa.


Ver mais notícias sobre os temas:

Higiene Pessoal

Contaminação

Sistema Imunológico

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.