Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

17/07/2012

Maioria dos homens vai ao médico com doença em fase avançada

Com informações da SES

Dia Internacional do Homem

Por mês, mais de 1,5 mil homens, ou 60% do total de pacientes, chegam ao Centro de Referência da Saúde do Homem, em São Paulo, com quadros considerados avançados e que necessitam de intervenção cirúrgica para combatê-los.

Isto seria um indicador, segundo muitos especialistas, de que os homens não gostam de ir ao médico.

"Infelizmente estes pacientes acreditam que o provedor da casa não pode ficar doente e nem deve sair da rotina de trabalho para visitar o especialista. É um grande equívoco, pois é na consulta de rotina que o médico detecta doenças comuns e que demoram a apresentar sintomas, como é o caso do aumento benigno da próstata, recorrente a partir dos 50 anos", disse o médico Cláudio Murta, lembrando o Dia Internacional do Homem (15/07).

Embora não haja pesquisas científicas bem-fundamentadas a respeito, os especialistas afirmam que o machismo - homem não pode adoecer - é um dos principais fatores para o menor comparecimento dos homens aos exames preventivos.

Em 2007, uma pesquisa que apontou que homens têm medo de ir ao médico entrevistou apenas 28 homens.

Em atenção ao Dia Internacional do Homem, os especialistas listaram os cuidados básicos com a saúde para evitar o aparecimento de algumas doenças masculinas.

Autoexame dos testículos

A prática pode evitar o aparecimento de câncer de testículo e deve ser realizada entre os 15 e 35 anos, após o banho, com o objetivo de detectar nódulos, ou a presença de varizes testiculares.

Exame físico da próstata

O câncer de próstata é o mais comum entre os homens e está entre as doenças que mais os matam.

A patologia pode ser evitada (e o tratamento será menos invasivo) se o paciente realizar o check-up anual que inclui, também, coleta de sangue.

Tabagismo

A fumaça do cigarro contém muitas substâncias químicas que são absorvidas e eliminadas pelo organismo pela urina, o que aumenta o risco de desenvolvimento de tumores na bexiga.

Além disso, o cigarro "entope" os vasos sanguíneos e como consequência a circulação de sangue no pênis é bem menor, facilitando a ocorrência de disfunção erétil.

Sexualidade

Não deixe de usar camisinha nas relações sexuais e de fazer os exames preventivos.

Além disso, tenha um bom diálogo com sua parceira. A confiança é importante para que o sexo satisfaça plenamente o casal.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde do Homem

Sexualidade

Prevenção

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nanoestrelas matam bactérias sem desenvolver resistência

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento