Manteiga enriquecida pode ajudar pacientes com Alzheimer

Enzima e memória

A ingestão de uma manteiga enriquecida com ácido linoleico conjugado (CLA) aumenta a atividade de uma enzima ligada à memória.

O estudo, feito com animais de laboratório, sugere que o consumo de alimentos ricos em CLA pode ser útil para pacientes com a Doença de Alzheimer.

O ácido linoleico conjugado é um tipo de gordura encontrada em lacticínios.

"A fosfolipase A2 (PLA2) é uma enzima que atua sobre fosfolipídios, gorduras constituintes das membranas celulares, e ácidos graxos, que funcionam como mediadores na formação da memória. Na pesquisa, observamos que a ingestão de alimentos ricos em ácido linoleico modulou a atividade dessa enzima, essa maior atividade da fosfolipase implicou em uma melhora da memória dos animais em estágio inicial do Alzheimer," explica Leda Leme Talib, da Faculdade de Medicina da USP.

Fosfolipase

Leda explica que, em pacientes sem Alzheimer, as membranas celulares são fluídas e renovadas normalmente, mas em pacientes com a doença, as membranas são rígidas e dificultam a liberação de ácidos graxos, como o ácido linoleico, que influencia nos mecanismos de formação da memória.

Por isso o aumento da atividade da enzima fosfolipase A2, que atua nas camadas das membranas celulares, pode ter contribuído para melhorar a memória dos animais.

Apesar de os testes sugerirem que os produtos lácteos enriquecidos com ácido linoleico podem ser úteis no tratamento da doença, a pesquisadora alerta que precisam ser feitos mais estudos.

"Precisamos analisar o que essa alimentação rica em gordura pode acarretar na saúde dos animais, são necessárias mais intervenções até chegarmos às análises com humanos", avisa Leda.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Neurociências

Memória

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.