Marcha contra o aborto pede aprovação do Estatuto do Nascituro

Estatuto do Nascituro

A 5ª Marcha Nacional da Cidadania pela Vida, realizada na tarde de ontem em Brasília, defendeu a aprovação do Projeto de Lei 478/2007, conhecido como Estatuto do Nascituro.

A manifestação foi uma iniciativa da organização não-governamental (ONG) Movimento Nacional da Cidadania pela Vida - Brasil sem Aborto.

Participaram diversas organizações e associações da sociedade civil, além de algumas entidades religiosas.

Segundo o ex-deputado Luiz Bassuma, autor do projeto de lei, a Constituição Brasileira defende a vida, mas não determina em que momento ela começa.

O Estatuto do Nascituro resolveria esse problema, pois defende a vida desde o momento da concepção.

Direito ao corpo

"Eu acho que a mulher tem direito ao seu próprio corpo. Só não acho que ela tem direito ao corpo do outro, que ela carrega dentro de si," disse Jaime Ferreira, vice-presidente nacional da ONG Brasil Sem Aborto.

Segundo ele, o argumento de que cada mulher é dona de seu corpo não pode excluir a opção de manter a gravidez.

O Projeto de Lei 478/2007 continua em tramitação na Câmara dos Deputados. Ele está na Comissão de Finanças e Tributação e depois segue para a Comissão de Constituição e Justiça.


Ver mais notícias sobre os temas:

Aborto

Saúde da Mulher

Gravidez

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.