Pais idealizam paternidade sem considerar suas limitações

Pais idealizam paternidade sem considerar suas limitações
Maturidade para ser paiNULL homens à espera da paternidade muitas vezes idealizam o papel de pai, criando expectativas que ultrapassam as suas próprias condições.
[Imagem: Ag.USP]

Pai ideal

Os homens à espera da paternidade muitas vezes idealizam o papel de pai, criando expectativas que ultrapassam as suas próprias condições.

A conclusão é de um estudo realizado na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, coordenado pelo psicólogo Rubens Maciel.

A observação do psicólogo parte de seus conhecimentos teóricos e de entrevistas que fez com homens entre 30 e 40 anos de idade, que viviam uma união estável e que estavam acompanhando a gravidez de suas mulheres.

Maciel notou que eles tinham muita expectativa em relação à paternidade.

"Os pais entrevistados sonham em ser um modelo aos filhos, mas isso lhes traz angústias. Eles não sabem se poderão cumprir o papel", diz Maciel.

Pais ausentes

O psicólogo notou que um dos motivos da expectativa dos entrevistados era a vontade de serem pais melhores do que o que tiveram.

"Alguns dos entrevistados falavam de seus pais com certo ressentimento. Davam relatos como 'O meu pai foi ausente' e 'Meu pai não me criou do jeito que eu queria'".

Ainda na pesquisa, que teve orientação do professor Alberto Olavo Advíncula Reis, observou-se que os pais também viam a paternidade como solução para seus problemas."Os filhos podem trazer aos pais uma esperança messiânica, como se no futuro eles (o pai, a mãe e o filho) viveriam uma situação idílica, livres de angústias", diz Maciel.

O psicólogo explica que essa atitude costuma vir de um pai imaturo, que não está pronto para cuidar de um filho. Este homem "pode desejar conscientemente ser pai", diz Maciel, "mas inconscientemente ainda se sente como um filho", no que resulta em um pai infantil, com conflitos e despreparado.

Maturidade para a paternidade

Por isso, a pesquisa enfatiza a importância da maturidade para a paternidade.

O pesquisador afirma que um pai maduro vai receber seu filho com maior capacidade amorosa e podendo lidar com todas as responsabilidades que a paternidade traz (financeira, relação com a mulher, educação). Por sua vez, "um pai imaturo poderá afetar negativamente o filho, por exemplo, ele pode ter uma personalidade muito rígida", afirma Maciel.

De acordo com o estudo, a maturidade do pai e a qualidade da relação entre pai e filho dependem da criação que o homem teve e de sua individualidade. A educação e a influência dos pais no homem são essenciais quando este for criar seu filho.

Mas Maciel também destaca a individualidade, pois o que a pessoa recebeu de criação pode não ser suficiente, depende "da forma que ela consegue manter aquilo que aprendeu".

Importância da paternidade

Apesar de haver muitos trabalhos sobre maternidade, o psicólogo lembra que há poucas pesquisas que abordam a paternidade. Mesmo com menor ênfase, Maciel ressalta a importância atual da paternidade: "O pai sempre se manteve mais distante dos filhos. A condição dele era de provedor. A educação era papel da mulher. Hoje é diferente, os pais estão muito mais próximos e influenciam os filhos muito mais do que antes".

Maciel conta o caso que notou enquanto fazia sua dissertação. Nela, o psicólogo estudou a estruturação da personalidade de meninos que moram nas ruas e percebeu que o pai era uma pessoa muito importante para eles. Isso influenciou o pesquisador na escolha do tema de sua tese, no qual ele se aprofundou na influência psíquica que os filhos trazem aos homens.

"O filho provoca um forte sentimento de responsabilidade, em que alguns homens se sentem preparados, outros não", diz Maciel, que lembra que a maioria dos homens tem condições de serem bons pais, desde que estejam preparados: "A maioria das pessoas, a qualquer tempo da vida, pode buscar um trabalho de desenvolvimento pessoal, de modo que supere suas limitações emocionais para capacita-los a serem bons pais".


Ver mais notícias sobre os temas:

Cuidados com a Família

Gravidez

Sentimentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.