Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

25/04/2014

Memória fica melhor na temperatura ideal

Redação do Diário da Saúde
Memória fica melhor na temperatura ideal
Trabalhar em sua temperatura ideal pode promover a eficiência e produtividade.[Imagem: Universidade de Leiden]

Você sabe por experiência própria que o clima e a temperatura influenciam a forma como você se sente.

Mas e quanto à nossa capacidade de pensar? Será que a temperatura ambiente afeta isso também?

As poucas pesquisas feitas sobre esta questão concluíram que ambientes mais frios melhoram o desempenho cognitivo ao executar tarefas mentais complexas.

Mas isso não convenceu Lorenza Colzato e Roberta Sellaro, da Universidade de Leiden (Bélgica), que acreditavam que cada um tem suas próprias características.

Então elas idealizaram o primeiro estudo a investigar especificamente se a memória de trabalho de uma pessoa funciona melhor quando a temperatura ambiente combina perfeitamente com a sua preferência.

As pesquisadoras selecionaram voluntários que foram divididos em dois grupos: um grupo tinha preferência por um ambiente mais fresco, e outro grupo preferia um local mais quente.

Temperatura ideal para lembrar

Os voluntários tinham que realizar tarefas mentais em três espaços diferentes. No primeiro, a temperatura era de 25 graus Celsius (ideal para o grupo que gosta de calor), no segundo era de 15 graus (ideal para quem gosta de frio) e, no terceiro, o termostato foi ajustado para 20 graus (para tentar agradar a todos).

Os resultados não deixaram margens para dúvidas: cada grupo teve melhores resultados nos testes de memória na temperatura que haviam dito preferir, com seus escores decaindo conforme a temperatura caminhava para o outro extremo.

A hipótese que as pesquisadores levantaram para tentar explicar isso é que trabalhar em sua temperatura preferida neutraliza o chamado "esgotamento do ego" - as fontes de energia necessárias para realizar tarefas mentais demoram mais tempo para serem consumidas.

"Os resultados confirmam a ideia de que a temperatura influencia a capacidade cognitiva. Trabalhar em sua temperatura ideal pode promover a eficiência e produtividade," concluem Colzato e Sellaro.


Ver mais notícias sobre os temas:

Memória

Trabalho e Emprego

Qualidade de Vida

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nanoestrelas matam bactérias sem desenvolver resistência

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento