Ministro veda uso de tudo o que contenha amianto no Ministério da Saúde

Ministro veda uso de tudo o que contenha amianto no Ministério da Saúde
O amianto, também conhecido como asbesto, possui fibras microscópicas que entram no pulmão, causando doenças para as quais não há cura.
[Imagem: Aarchiba]

Proibição do amianto

Portaria assinada pelo ministro José Gomes Temporão e publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira veda ao Ministério da Saúde e aos seus órgãos vinculados o uso e a compra de quaisquer produtos e subprodutos que contenham amianto ou suas fibras na composição.

O amianto ou asbesto é a designação comercial para uma variedade fibrosa de minerais rochosos que produzem um pó aderente às roupas e facilmente inalável. A inalação do produto é considerada extremamente nociva à saúde e pode causar várias doenças pulmonares.

Os procedimentos necessários à aplicação dessa portaria serão regulamentados pelo próprio Ministério da Saúde, enquanto a regulamentação complementar estará a cargo das entidades vinculadas ao ministério.

Os outros

A discussão em torno da extração, uso e comercialização de amianto no Brasil é polêmica, já que é empregado na fabricação de telhas, de caixas d'água, de componentes de freios para veículos, de revestimentos de máquinas e em alguns tipos de plástico. O material já está proibido na maior parte do mundo.

A questão que resta responder é: se não é bom para os funcionários do Ministério da Saúde, seria justificável manter o uso do material para o restante da população?

O Diário da Saúde contatou o Ministério sobre a questão, mas não obtivemos resposta até o momento da publicação desta matéria.


Ver mais notícias sobre os temas:

Contaminação

Trabalho e Emprego

Saúde Pública

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.