Moléculas sintéticas impedem que vírus da AIDS saia da célula

Pesquisadores espanhóis desenvolveram moléculas sintéticas capazes de se ligar ao material genético do vírus da AIDS, bloqueando sua replicação.

José Gallego e seus colegas da Universidade de Valência usaram avançadas técnicas de simulação em computador para projetar essas moléculas sintéticas.

As moléculas inibem a passagem do material genético do vírus do núcleo da célula infectada para o citoplasma, de modo que a replicação do vírus é bloqueada e a infecção de outras células é evitada.

Terfenilos

O material genético do vírus da AIDS, o HIV-1, é composto de ácido ribonucleico (RNA) e codifica várias proteínas que lhe permitem penetrar nas células humanas e se multiplicar dentro delas.

Os novos inibidores do vírus, chamados terfenilos, foram concebidos para imitar as interações das proteínas codificadas pelo vírus, sobretudo a proteína viral chamada Rev.

Desta forma, os terfenilos ligam-se ao receptor de proteínas Rev no RNA viral, impedindo a interação entre a proteína e seu receptor de RNA.

Moléculas sintéticas impedem que vírus da AIDS saia da célula
À esquerda, a proteína Rev (vermelho) encaixada em seu receptor. À direita, a molécula de terfenilo (azul) bloqueia o receptor.
[Imagem: Ruvid]

Essa interação é necessária para que o material genético do vírus deixe o núcleo da célula infectada e, por conseguinte, é essencial para a sobrevivência do HIV-1.

O fato de que os terfenilos bloqueiam a saída do material genético do vírus do núcleo da célula impede a infecção de outras células.

Tradicionalmente, as empresas farmacêuticas têm-se centrado no desenvolvimento de drogas que visam alvos proteicos, uma vez que a abordagem baseada em receptores de RNA era considerada complexa demais.

O grupo pretende continuar a pesquisa para melhorar as propriedades farmacológicas dos inibidores Rev sintéticos e planejar os primeiros testes in vivo - até agora os testes foram feitos em culturas de células.


Ver mais notícias sobre os temas:

Desenvolvimento de Medicamentos

Vírus

Sexualidade

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.