Mulheres na meia-idade assumem comportamentos de risco

Problema comportamental

Mulheres de meia-idade e recém-divorciadas são mais suscetíveis de contrair o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Isto ocorre porque elas tendem a baixar a guarda com novos parceiros sexuais e também porque não dão importância à proteção porque não têm mais receio de ficarem grávidas.

Esta é a conclusão do Dr. Christopher Coleman, da Universidade da Pensilvânia (EUA).

Problema fisiológico

Mas a questão comportamental não é a única que torna essas mulheres mais vulneráveis.

Segundo o pesquisador, a fisiologia das mulheres muda na meia-idade, devido sobretudo à menopausa.

Entre essas mudanças físicas estão a diminuição na espessura das paredes vaginais e a diminuição da lubrificação, o que aumenta o risco de que as mulheres nessa idade contraiam um vírus.

"Há muito poucas pesquisas sobre esse assunto, e a sociedade e o governo não falam sobre ele, mas esses comportamentos sexuais de alto risco precisam ser olhados porque a taxa de HIV positivo entre as mulheres de meia-idade está aumentando," diz o pesquisador.

Mudanças na menopausa

O Dr. Coleman cita ainda uma outra dificuldade, desta vez no tratamento dessas mulheres, depois que elas já foram infectadas.

Com a idade, o corpo da mulher metaboliza as medicações de forma diferente, o que torna mulheres no pós-menopausa menos tolerantes aos medicamentos para tratar o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis.

E ele alerta que essas diferenças fisiológicas da mulher após a menopausa ainda não são conhecidas pela ciência.

"Há um hiato de conhecimento no entendimento de quais são as alterações fisiológicas associadas com a menopausa," alerta ele.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde da Mulher

Sexualidade

Vírus

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.