Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

28/01/2014

Mulheres de renda mais alta relatam maior satisfação sexual

Com informações da BBC

Uma pesquisa realizada na Espanha concluiu que a renda e o status influenciam na satisfação sexual das mulheres.

Segundo a pesquisa, quanto maior o poder aquisitivo e maior o poder sobre sua própria vida, mais satisfeitas as mulheres tendem a ficar com suas relações sexuais.

O estudo mostrou que as mulheres afirmaram ter relações sexuais mais prazerosas quando mantêm uma relação estável em detrimento do sexo casual.

Cerca de 96% das mulheres com um parceiro fixo disseram estar satisfeitas com sua vida sexual, em comparação com 80% daquelas que praticavam sexo casual.

Entre os homens, 97% dos que afirmaram ter uma relação estável relataram estar satisfeitos, em comparação com 88% daqueles que praticavam sexo casual.

Interpretações

Segundo os pesquisadores, renda e o status dão mais independência às mulheres e maior controle sobre o uso de métodos contraceptivos.

E, de acordo com a interpretação dos autores do estudo, o conforto socioeconômico permite uma liberdade maior do sexo feminino para explorar suas fantasias sexuais.

Mulheres com mais dinheiro também tendem a se envolver menos em relações abusivas, assim como têm menos chances de sofrer estupro ou agressão sexual.

Além disso, elas tendem a abandonar relações abusivas mais cedo do que mulheres mais pobres ou mesmo procurar mais rapidamente auxílio profissional ou aconselhamento, acrescentam os pesquisadores.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sexualidade

Relacionamentos

Saúde da Mulher

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão