Neurônios são formados diretamente no cérebro

Neurônios são formados diretamente no cérebro
O grande objetivo é, no futuro, substituir circuitos neurais danificados por doenças ou acidentes.
[Imagem: Torper et al./PNAS]

Cientistas suecos conseguiram reprogramar células de outros tipos para que elas se tornem células nervosas.

O aspecto mais promissor do experimento é que a reprogramação foi realizada diretamente no cérebro de animais de laboratório.

Além disso, a transformação é direta, sem passar pelo estágio de célula-tronco, o que potencialmente pode evitar a formação de tumores.

A formação de novas células nervosas diretamente no cérebro pode superar as dificuldades com as terapias celulares atualmente em desenvolvimento, que geralmente terminam com o cérebro rejeitando as células implantadas.

O grande objetivo é, no futuro, substituir circuitos neurais danificados por doenças ou acidentes.

Os pesquisadores usaram genes programados para serem ativados ou desativados usando um medicamento.

Os genes foram inseridos em dois tipos de células: fibroblastos humanos e células da glia - células de suporte que estão naturalmente presentes no cérebro.

Quando os pesquisadores transplantaram estas células em cérebros de ratos, os genes foram ativados utilizando um fármaco diluído na água de beber dos animais.

As células então começaram a sua transformação em neurônios.

"Estamos agora desenvolvendo a técnica, de modo que ela possa ser usada para criar novas células nervosas que substituam a função de células danificadas. Ser capaz de realizar a reprogramação in vivo torna possível imaginar um futuro no qual poderemos formar novas células diretamente no cérebro humano, sem tomar um desvio por culturas de células-tronco ou por transplantes," disse o Dr. Malin Parmar, coordenador do estudo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Neurociências

Cérebro

Células-tronco

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.