Nordeste terá fábrica de radiofármacos

Tomografia por emissão de pósitrons (PET)

Até o fim do ano, o Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste (CRCN), por meio da Unidade de Produção e Pesquisa de Radiofármacos (Upra), inicia a fabricação da substância FDG, que é utilizada em tomografia por emissão de pósitrons (PET). O uso da substância e do procedimento permite o diagnóstico e tratamento de doenças como o câncer e mal de Alzheimer.

Segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Pernambuco será o primeiro estado do Nordeste a receber uma unidade de produção de FDG. Hoje, os equipamentos que utilizam a técnica são encontrados apenas em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O anúncio da instalação da Upra foi feito pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, e pelo governador do Estado, Eduardo Campos. Eles participaram da cerimônia de abertura do seminário Implantação da Tomografia por Emissão de Pósitrons no Nordeste, que teve a presença de representantes da área médica da região.

Importância dos radiofármacos

No seminário, vários aspectos foram abordados para mostrar a médicos e profissionais de saúde a importância da produção de radiofármacos e a relação custo-benefício. De acordo com especialistas, o uso da FDG evita procedimentos clínicos desnecessários, cirurgias invasivas e dispêndios com exames que não são tão precisos quanto aquele realizado pelos tomógrafos PETs.

A Upra de Pernambuco está em construção nas dependências do CRCN-NE, órgão da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), autarquia vinculada ao MCT. Estão sendo investidos R$ 15 milhões no projeto, e a previsão é que a unidade inicie a fabricação em novembro.

A estimativa é atender, a longo prazo, a uma demanda superior de 20 tomógrafos - o que poderá alcançar 52 mil procedimentos PET ao ano na região. Até março de 2009, a produção da Upra deverá atingir a capacidade de produção em escala comercial dos radiofármacos para atender aos PETs.


Ver mais notícias sobre os temas:

Exames

Medicamentos

Laboratórios

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.