Operação Chocolate detecta erros ovos de páscoa e pescados

Operação Chocolate detecta erros ovos de páscoa e pescados
A "Operação Chocolate", realizada pelo IPEM, detectou erros, principalmente peso abaixo do indicado, em 14,67% dos produtos examinados.
[Imagem: Ipem]

Ovos leves

Fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia vinculada à Secretaria da Justiça, reprovaram 27 dos 184 lotes de produtos mais consumidos na Páscoa, examinados nestas segunda e terça-feira (15 e 16 de março), durante a "Operação Chocolate".

Os fiscais examinaram 184 lotes de produtos como Ovos de Páscoa, bombons, trufas e colombas, além de pescado congelado, coletados em pontos de venda de todos os portes e lojas especializadas.

Os exames foram realizados simultaneamente nos laboratórios do Ipem-SP em Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto e capital paulista.

Produtos irregulares

As empresas autuadas devem retirar do ponto de venda os lotes dos produtos irregulares e têm dez dias para apresentação de defesa ao Ipem-SP.

A partir deste prazo, o departamento Jurídico define a aplicação da multa que pode variar de R$ 100 a 50 mil, dobrando na reincidência.


Ver mais notícias sobre os temas:

Consumo Responsável

Alimentação e Nutrição

Ética

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.