Orelha humana é recriada em laboratório

Cientistas norte-americanos deram mais um passo na direção de produzir uma orelha humana completa em laboratório.

Em uma nova experiência de engenharia de tecidos, os pesquisadores conseguiram desenvolver uma orelha com o formato de uma orelha humana usando tecido animal.

Há poucos dias, outra equipe criou uma orelha artificial usando células vivas por uma técnica de impressão 3D.

A engenharia de tecidos sonha com o dia em que órgãos substitutos poderão ser feitos em laboratório, a partir de células do próprio paciente.

Neste novo experimento, tecidos vivos de vacas e ovelhas foram usados junto a uma armação de arame flexível de titânio, que tinha a forma 3D de um ouvido humano.

O órgão produzido foi, em seguida, implantado em um rato cujo sistema imunológico havia sido desativado para evitar rejeição, permitindo à orelha crescer.

O trabalho, realizado por pesquisadores do Massachusetts General Hospital (EUA), mostra que, em teoria, é possível criar células suficientes - pelo menos em animais - para fazer uma orelha humana em tamanho real.

Segundo eles, a técnica poderá ser usada no futuro para ajudar pessoas que tenham perdido ou deformado a orelha.


Ver mais notícias sobre os temas:

Células-tronco

Audição

Genética

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.