Pais salvam bebê com tratamento descoberto pela internet

Pais salvam bebê com tratamento descoberto pela internet
Thomas "renasceu" graças ao letramento científico obtido pelos seus pais em uma pesquisa pela internet.
[Imagem: Caters/BBC]

Assumam os riscos

Um casal do País de Gales conseguiu a cura para seu bebê, que sofria de uma malformação rara, após solicitar aos médicos que ele recebesse um tratamento descoberto por eles na internet.

Lucy e Stuart Hay ouviram dos médicos que seu filho Thomas, que ainda estava no útero, teria menos de 5% de chance de sobreviver ao parto por causa de uma hérnia hiafragmática congênita.

A hérnia hiafragmática é um "buraco" que se forma no diafragma e faz com que órgãos do abdômen, como o intestino e o estômago, se desloquem para o tórax.

A malformação ocorre em 1 a cada 3.000 gestações aproximadamente e impede o desenvolvimento dos pulmões, fazendo com que o bebê, na maioria das vezes, morra durante o parto.

O casal ouviu do seu médico que o bebê tinha cerca de 50% de chances de sobreviver e que tinha as opções de interromper a gravidez ou aguardar até o nascimento, assumindo os riscos.

Assumindo a responsabilidade

Os pais de Thomas não se atemorizaram com os prognósticos sombrios, e, antes de qualquer decisão, fizeram uma pesquisa na internet sobre o problema do filho.

E descobriram um procedimento chamado Oclusão Traqueal Fetoscópica, desenvolvido recentemente.

Somente um cirurgião realizava o procedimento em toda a Grã-Bretanha, onde eles vivem.

A cirurgia consiste em inserir um minúsculo balão na traqueia do bebê, impedindo a saída normal do líquido pulmonar. Dessa maneira o fluido se acumula nos pulmões, que são forçados a crescer.

"Passamos horas pesquisando online e encontramos esta cirurgia intrauterina que ainda estava sendo testada pelos médicos. Não sabíamos muito sobre ela, mas nos arrependeríamos se não tentássemos."

"Nossa consultora nunca tinha mencionado a cirurgia. Ela entendeu quando dissemos que queríamos tentar, mas não recomendou, por causa dos riscos envolvidos", relembrou a mãe.

Graças à cirurgia, contudo, o bebê conseguiu se desenvolver normalmente e agora, com um ano de idade, surpreende os médicos pela recuperação total.

Pesquisas de saúde pela internet

Esta não é a primeira vez que pais usam o "Dr. Google" para encontrar a solução para problemas que seus médicos não conseguiam solucionar:

Apesar do preconceito de alguns profissionais de saúde, um tanto atemorizados pelo aumento do conhecimento do público graças às pesquisas feitas pela internet, estudos criteriosos têm mostrado que o aumento do chamado letramento científico dos usuários tem ajudado, e não atrapalhado, a relação médico-paciente:

O único argumento dos críticos da maior educação do público sobre saúde é que haveria muito material de má qualidade na internet.

Contudo, assim como contorna profissionais de carne e osso com "má qualidade profissional", o público parece ter critério suficiente para selecionar as informações seguras e valiosas.


Ver mais notícias sobre os temas:

Educação

Gravidez

Cirurgias

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.