Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

21/10/2013

Para parecer poderoso, ponha as mãos, não os pés, sobre a mesa

Redação do Diário da Saúde
Para parecer poderoso, ponha as mãos, não os pés sobre a mesa
Outra possibilidade é deixar as representações de lado e tentar ser um verdadeiro líder, angariando respeito não pelo que você aparenta, mas pelo que você é na realidade.[Imagem: University of Buffalo]

A conexão que se assumia haver entre posturas corporais expansivas e o poder não é fixa, mas depende do tipo de postura e da cultura das pessoas envolvidas.

Pesquisadores realizaram quatro testes diferentes com mais de 600 homens e mulheres nascidos nos EUA ou na Ásia (China, Coreia do Sul e Japão) a fim de examinar a experiência psicológica de ver e aprovar posturas corporais expansivas ou restritivas (marcadas por uma espécie de "encolhimento").

As posturas expansivas pesquisadas foram:

  • Pose mãos-espalhadas-sobre-a-mesa, ou seja, ficar de pé e inclinar-se com as mãos apoiadas na mesa e afastadas uma da outra.
  • Pose expansiva de pé, ou seja, apoiar-se no tornozelo de uma perna com um braço no apoio da cadeira e a outra mão sobre a mesa.
  • Pose expansiva pés-sobre-a-mesa, ou seja, sentado na cadeira inclinada para trás, com os pés em cima da mesa, as mãos colocadas na nuca com os dedos entrelaçados e os cotovelos totalmente abertos.

"Em quatro testes, o efeito de cada postura dos participantes foi avaliada em comparação com uma postura corporal restritiva, ou seja, sentado com as mãos sob as coxas e de pé com os braços cruzados," conta Lora Park, da Universidade de Buffalo (EUA), idealizadora da comparação.

Melhor pose para impressionar

O teste 1 revelou que a pose pés-sobre-a-mesa foi percebida tanto por norte-americanos quanto pelos asiáticos como menos consistente com as normas culturais de modéstia, humildade e moderação.

Os testes 2a e 2b revelaram que tanto os norte-americanos quanto os asiáticos associam as posturas mãos-espalhadas-sobre-a-mesa e expansiva de pé com maiores sentimentos de poder (por exemplo, responsável, forte, dominante etc).

O teste 3 revelou que a pose pés-sobre-a-mesa invoca sensações de poder e a ativação implícita de conceitos relacionados com o poder entre os norte-americanos, mas não entre os asiáticos.

Finalmente, o teste 4 revelou que a postura pés-sobre-a-mesa leva a comportamentos de aceitar maiores riscos entre os norte-americanos, mas não entre as pessoas do Leste Asiático.

"No geral, estes resultados sugerem que as posturas expansivas têm efeitos tanto universais quanto culturalmente específicos sobre os pensamentos, os sentimentos e os comportamentos das pessoas," resumiu Park.

Sem representações

Assim, quando quiser impressionar, é melhor evitar colocar os pés sobre a mesa - as mãos sobre a mesa dão resultado melhor se o assunto é mostrar-se poderoso.

Outra possibilidade é deixar as representações de lado e tentar ser um verdadeiro líder, angariando respeito não pelo que você aparenta, mas pelo que você é na realidade.


Ver mais notícias sobre os temas:

Trabalho e Emprego

Educação

Ética

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?