Pressão alta pode ser causada por vírus comum

Hipertensão induzida por vírus

Um novo estudo sugeriu pela primeira vez que um vírus comum, o citomegalovírus (CMV), causador de infecções geralmente sem gravidade e que está presente no organismo de quase todos os adultos em todo o mundo, favorece o desenvolvimento da hipertensão arterial, ou pressão alta, um dos maiores fatores de risco para doenças do coração, derrames e doenças dos rins.

Em um artigo científico publicado na revista Plos Pathogens, os pesquisadores demonstraram que, quando associado com outros fatores de risco para doenças do coração, o citomegalovírus pode levar ao enrijecimento das artérias, ou arteriosclerose.

"Esta nova descoberta poderá eventualmente dar aos médicos uma forma inteiramente nova para tratar a hipertensão, com terapias antivirais ou vacinas. O citomegalovírus infecta praticamente todos os humanos ao redor do mundo," diz a Dra. Clyde Crumpacker, coautora do estudo.

O que é citomegalovírus

O citomegalovírus faz parte da família do vírus da herpes, causando infecções congênitas, mononucleose e infecções mais graves em pacientes que recebem transplantes de órgãos.

Na faixa dos 40 anos de idade, praticamente todos os adultos já possuem o vírus, embora a maioria nunca apresentará qualquer sintoma de sua presença. Uma vez no organismo humano, ele ficará lá por toda a vida, em forma latente, esperando que o sistema imunológica se enfraqueça para poder agir.

Embora já se soubesse que o vírus esteja ligado a várias doenças, os cientistas não sabiam como ele começa a agir. Na nova pesquisa, o problema foi abordado de forma interdisciplinar por uma equipe de infectologistas, cardiologistas e alergologistas.

Vírus também pode agir sozinho

O estudo foi feito em animais de laboratório e mostrou que a ingestão de alimentação rica em colesterol aumenta em 30% a chance do desenvolvimento de hipertensão e arteriosclerose na presença do citomegalovírus.

"Isto sugere fortemente que a infecção pelo citomegalovírus e a dieta rica em colesterol estão agindo juntos para o desenvolvimento da arteriosclerose," diz Crumpacker.

A análise demonstrou que o citomegalovírus estimula a produção de três citoquinas inflamatórias - IL6, TNFu and MCP1 - causando inflamações nas células vasculares e outros tecidos.

Mas, aparentemente, o vírus também pode agir sozinho, porque ele elevou a expressão da enzima renina, que ativa o sistema renina-angiostensina que eleva a pressão sanguínea.

Quando os cientistas inativaram o vírus com o uso de luz ultravioleta, a expressão da renina não aumentou, sugerindo que a reprodução ativa do citomegalovírus era responsável pelo seu aumento.

A pesquisa é preliminar e precisará ser confirmado por outros testes e por outros pesquisadores, antes que seja avaliada em humanos. Não há ainda previsão do desenvolvimento de tratamentos específicos ou de medicamentos para a hipertensão com base nesta descoberta.


Ver mais notícias sobre os temas:

Coração

Sistema Circulatório

Vírus

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.